PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

1

Viana do Castelo

Hoje em Viana foi assim – Eis os vencedores do Granfondo

7 Abril, 2024 - 18:54

432

0

Prova realizou-se este domingo na capital do Alto Minho.

O espanhol David Mayo levou a melhor sobre os adversários mais directos e venceu destacadamente o Viana Granfondo by KTM, que se disputou esteste domingo na capital do Alto Minho.

 

David Mayo (Love Tiles) completou a tirada de 152 km com o tempo de 4h08m28s, passando a liderar o Troféu Superprestígio Bikeservice.

 

Em femininos, a vitória na distância “rainha” foi assegurada por Flávia Lopes (Vasconha), que cruzou a meta instalada na marginal de Viana do Castelo já com o cronómetro a marcar 5h14m50s.

 

A vitória de David Mayo começou a desenhar-se na subida para a Serra d’Arga, estavam percorridos 108 km.

 

 

David Mayo

[Fotografia: DR]

 

 

Na sua roda seguia o vianense David Vaz (ind.), o único dos ciclistas do grupo de duas dezenas de elementos que conseguiu aguentar o ritmo forte imposto pelo espanhol à entrada para o início da subida ao Extremo (75 km).

 

David Vaz acabaria a integrar o restrito grupo que perseguia a frente da corrida, onde seguiam quatro elementos da equipa do líder. Com David Mayo a dilatar a vantagem nos quilómetros finais, faltavam apurar os restantes lugares do pódio. No sprint final e já a 2m30s do vencedor, Jorge Mariz (Penacova) e Diogo Graça (Love Tiles) foram os mais fortes, sendo 2.º e 3.º classificados, respectivamente.

 

O triunfo de Flávia Lopes no granfonfo foi mais apertado. A atleta da formação de Vouzela (Vasconha BTT) perdeu tempo precioso na aproximação à meta e foi por apenas dois segundos que Daniela Pereira não surpreendeu a adversária.

 

Ainda assim, a atleta da formação Brinox arrecadou o número de pontos suficiente para continuar na liderança do Superprestígio, distância granfonfo. Com 5h42m18s, Ana Frias (Love Tiles) entrou para o 3.º posto.

 

 

Flávia Lopes

[Fotografia: DR]

 

 

 

No mediofondo e após um sprint disputadíssimo decorridos que estavam 97 km, Gonçalo Filipe (Penacova) repetiu a vitória conseguida há três semanas, em Elvas, no EuroBEC Granfondo. Com o mesmo registo (2h39m47s), Diogo Pereira (Lacoviana) e Tiago Teixeira (DBL Bike) asseguraram, respectivamente, o 2.º e 3.º lugares.

 

Na categoria reservada às senhoras, Ilda Pereira (Penacova) impôs-se sobre as adversárias e triunfou no mediofondo com um registo importante face aos corredores masculinos: 2h58m54.

 

Para os restantes lugares do pódio entraram Marlene Seara (Brinox) e Ana Sobreira (Love Tiles), a 13m24s e 20m11s da vencedora.

 

Com estes resultados, Gonçalo Filipe e Marlene Seara mantiveram a camisola amarela, símbolos da liderança no Troféu Superprestígio (medifondo).

 

Com a marca de 1h51m19s, Fábio Abreu foi o mais forte nos 71 km do minifondo.

 

O atleta da Proteu segurou, assim, o comando do Superprestígio, já que, à semelhança de Gonçalo Filipe, também ele saiu vencedor do EuroBEC. Na 2.ª e 3.ª posições, separados por 24 segundos mas já a mais de um minuto do líder, ficaram Marco Correia (Bolflex) e Pedro Borlido (Bikepoint).

 

Em Viana do Castelo, Mónica Hernández (ind.) foi 2.ª classificada (2h12m30s), sendo superada apenas por Fátima Cardoso (Proteu), que cortou a meta com 2h04m53s. O resultado permitiu, todavia, à atleta espanhola continuar com a camisola amarela do Superprestígio. Carina Rodrigues (Love Tiles) repetiu o resultado da prova inaugural (EuroBEC) e entrou para o último lugar do pódio com o tempo de 2h17m28s.

 

A maior competição de ciclismo amador de Portugal regressa à estrada a 5 de Maio, no Peso da Régua, com a realização do Love Tiles Douro Granfondo.

 

 

[Fotografia: DR]

Últimas