PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Mundo

Guerra: Presidente da Ucrânia demite dois generais por deslealdade

1 Abril, 2022 - 10:52

481

0

Estatuto disciplinar das Forças Armadas da Ucrânia.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, anunciou esta quinta-feira a demissão de dois generais por violação do juramento militar de lealdade, com base no estatuto disciplinar das Forças Armadas da Ucrânia.

 

Segundo o Sapo24, Volodymyr Zelensky disse que foram demitidos o chefe do principal departamento de Segurança Interna do Serviço de Segurança da Ucrânia, Naumov Andrii Olehovich, e o chefe do gabinete do Serviço de Segurança da Ucrânia na região de Kherson, Krivoruchko Sergii Oleksandrovich.

 

“Agora não tenho tempo para lidar com todos os traidores. Mas pouco a pouco serão todos punidos”, garantiu Zelensky, que também agradeceu aos “heróis nacionais” por defenderem o Estado.

 

“Segundo o artigo 48.º do Estatuto Disciplinar das Forças Armadas da Ucrânia, os militares que não tenham decidido onde está a sua pátria, que violem o juramento militar de lealdade ao povo ucraniano no que diz respeito à proteção do nosso Estado, da sua liberdade e independência, serão inevitavelmente privados de altas patentes militares”, explicou.

 

A guerra provocou a fuga de mais de 10 milhões de pessoas, incluindo mais de 4 milhões de refugiados em países vizinhos e quase 6,5 milhões de deslocados internos.

 

 

[Fotografia: The Times of Israel]

Últimas