PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Mundo

Guerra: Moral dos russos em baixo – Militares terão sabotado os próprios veículos para não combater

1 Março, 2022 - 23:22

2251

1

Tribunal Penal Internacional anunciou já que vai avançar com uma investigação à Rússia.

Alguns dos militares russos destacados para a ofensiva na Ucrânia estão a sabotar os seus próprios veículos, por forma a não combaterem.

 

Refere o Jornal de Negócios , que avaliação foi feita pelo Pentágono e divulgada pelo jornal New York Times e pela BBC.

 

De acordo com aquela avaliação, o moral é baixo nas fileiras russas, que não antecipavam uma resistência tão firme na invasão da Ucrânia.

 

“Alguns militares russos terão mesmo furado os depósitos de combustível dos seus veículos por forma a não participarem nos combates”, acrescenta o Pentágono citado pelo Jornal de Negócios.

 

Entretanto, o Tribunal Penal Internacional anunciou já que vai avançar com uma investigação à Rússia pela prática daquilo que podem ser crimes de guerra e crimes contra a Humanidade.

 

Segundo a CNN Portugal, em causa está o uso de bombas de fragmentação, bombas de estilhaços e bombas de vácuo, mas também o ataque a zonas habitacionais, hospitais, escolas e orfanatos, por exemplo.

 

 

[Fotografia: Arquivo/Al Arabiya]

Últimas