PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

1

Galiza

Galiza: Grupo de jovens vandalizou carruagem em frente aos passageiros… à luz do dia

3 Dezembro, 2022 - 21:56

542

0

Esta tarde.

Aconteceu este sábado, durante a tarde, durante a paragem de um comboio em Catoira, na província de Pontevendra. Conta o jornal Quincemil que, subitamente, um grupo de vários jovens com cerca de 20 anos aproximou-se do comboio. Com grafittis, escreveram numa das carruagens “Xustiza. El maquinista no fue” [“Justiça. O maquinista não foi“]. 

 

Referiam-se ao acidente ferroviário ocorrido com um comboio Alvia, no dia 24 de julho de 2013, em Angrois. 

 

Recorde-se que Espanha começou a julgar o acidente de comboio que há nove anos matou 80 pessoas em Santiago de Compostela.

O comboio de alta velocidade que o maquinista Francisco José Garzón Amo conduzia a 24 de julho de 2013 descarrilou numa curva à entrada da cidade de Santiago de Compostela, na Galiza, e embateu numa parede de betão quando seguia a 191 quilómetros por hora (km/h), mais do dobro do limite de 80 km/h para aquele ponto da via.

 

Segundo afirmou, não havia sinalização para uma redução faseada da velocidade até chegar à curva fatal, onde estava colocado, subitamente, um aviso de 80 km/h.

 

Os jovens, segundo imagens partilhadas nas redes sociais, apareceram de rosto oculto por gorros e lenços. As autoridades policiais confirmaram àquele jornal que o grupo acionou até o travão de emergência do comboio.

 

Do incidente não resultaram quaisquer feridos. As investigações prosseguem.

 

 

[Fotografia: jornal Quincemil]

Últimas