PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Ponte de Lima

Forte adesão a Hortas Urbanas obriga autarquia a ampliar lotes pela terceira vez

8 Agosto, 2012 - 08:18

179

0

Face à elevada procura que o projeto das Hortas Urbanas tem alcançado, o município de Ponte de Lima acaba de disponibilizar mais 50 lotes de terreno, correspondendo ao terceiro aumento.

Face à elevada procura que o projeto das Hortas Urbanas tem alcançado, o município de Ponte de Lima acaba de disponibilizar mais 50 lotes de terreno, correspondendo ao terceiro aumento.

Atualmente 120 parcelas, o projeto das “Hortas Urbanas” arrancou com 36 lotes de terreno, tendo em Dezembro de 2011 o espaço aumentado para 81 lotes. Em Março de 2012 deu-se uma nova ampliação, sendo que atualmente a veiga de Crasto dispõe de 120 lotes de terreno.

A vereadora do ambiente confirma que a adesão superou as expetativas. No entanto, garante que se houver necessidade de disponibilizar mais terreno, o executivo está preparado para dar resposta.

O projeto “Hortas Urbanas” pretende sensibilizar a população para as alterações que têm ocorrido no mundo rural, incentivando a agricultura urbana e a preservação ambiental.

O perfil dos utilizadores é muito transversal. Estela Almeida explica que há interessados no consumo próprio dos alimentos, outros pretendem ter momentos de contato direto com a Natureza ocupando os tempos livres e há ainda o utilizador que visa a partilha de práticas e conhecimentos agrícolas com os filhos.

O projeto consiste em disponibilizar, aos munícipes, um lote de terreno de 40m2 inserido numa área vedada com condições de rega necessárias, um abrigo comum para o armazenamento dos utensílios agrícolas e ainda um espaço para a compostagem ou armazenar estrumes.

Sob a coordenação técnica da Área Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos, as “Hortas Urbanas” de Ponte de Lima, permite a muitas famílias produzir as suas hortícolas, desde a batata, couve, feijão, alface, tomates, pimentos, pepinos, e frutos como o morango e até flores.

No âmbito das Hortas Urbanas o Município de Ponte de Lima aderiu à rede de Agricultura Urbana e Peri Urbana. O PORTAU é uma plataforma inclusiva, aberta às instituições e à participação pública, que pretende, sobretudo, mas não só, promover o debate entre os diversos atores, disponibilizar informação e colocar em contato experiências institucionalizadas e boas práticas de agricultura urbana e peri-urbana.

A partilha de experiências ao nível destes projectos permitiu criar um Mapa da Agricultura Urbana em Portugal.

Últimas