PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Mundo

Este país retirou mais de três mil toneladas de produtos Kinder devido a casos de salmonela

27 Maio, 2022 - 09:43

232

0

Impacto financeiro de várias dezenas de milhões de euros.

A Kinder retirou mais de 3.000 toneladas de produtos em França, em consequência dos 150 casos de salmonela detetados em nove países europeus, divulgou esta quinta-feira o diretor francês da marca italiana de chocolates Ferrero.

 

Segundo a Multinews, esta intervenção teve um impacto financeiro de várias dezenas de milhões de euros, explicou Nicolas Neykov ao jornal Le Parisien.

 

O diretor da gigante italiana Ferrero, que fabrica os produtos Kinder, para a França, pediu ainda desculpas pelas infeções que afetaram cerca de 150 pessoas desde meados de abril, 81 destes casos registados em França, principalmente em crianças menores de 10 anos.

 

A atividade da fábrica foi interrompida em abril e todos os produtos que ali eram fabricados (Kinder Surprise, Schoko-Bons, entre outros) foram retirados.

 

A salmonelose, provocada por uma bactéria chamada salmonela, causa sintomas semelhantes aos de uma gastroenterite por vezes aguda: febre ligeira, vómitos, cólicas intestinais e diarreia. Não há registo de vítimas mortais, até agora.

 

Segundo explicou em abril a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), a informação recolhida indica que os lotes contaminados não vieram para Portugal.

 

Apesar disso, a Ferrero Ibérica anunciou a 6 de abril ter dado “ordem para retirar do mercado português alguns lotes dos produtos fabricados na Bélgica”, de forma “voluntária e como medida de precaução”.

 

 

[Fotografia: DR]

Últimas