PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Espanha

Espanha: Sánchez dissolve parlamento e antecipa eleições para 23 de julho

29 Maio, 2023 - 10:47

952

0

Após derrota nas regionais.

Pedro Sánchez, líder do governo espanhol, pediu eleições antecipadas para 23 de julho após derrota nas regionais espanholas, esta segunda-feira.

 

O governante anunciou a dissolução do parlamento na sequência da derrota dos aocialistas, que lidera, nas regionais e municipais de domingo.

 

O PP venceu as eleições regionais e municipais de domingo em Espanha, cujo resultado inverteu o mapa anterior, dominado pelo PSOE.

 

No conjunto, o PP poderá ficar a governar oito das 12 regiões que foram a votos, a que se juntam Andaluzia e Castela e Leão, que anteciparam para 2022 as eleições e que o Partido Popular também ganhou.

 

O PP só governava duas das regiões que no domingo foram a votos (Madrid e Múrcia, que manteve).

 

Nas eleições municipais, que se celebraram em todo o país, o PP foi também o partido mais votado e conquistou à esquerda grandes cidades, como Sevilha e Valência, além de ter tido uma maioria absoluta em Madrid.

 

Os resultados das municipais e das regionais refletem uma mudança em relação às eleições anteriores, de 2019, em que o PSOE tinha sido o partido globalmente mais votado e com mais vitórias nas regionais

 

Esta é também considerada a primeira vitória eleitoral do PP em Espanha desde 2015.

 

Os resultados confirmam, em paralelo, o avanço do VOX na generalidade do território e o quase desaparecimento do Cidadãos, também de direita.

 

Estas eleições foram a primeira ida a votos este ano em Espanha, que tinha legislativas nacionais previstas para dezembro, no final de uma legislatura marcada pela primeira coligação governamental no país, entre o PSOE e a plataforma de extrema-esquerda Unidas Podemos.

 

 

[Fotografia: DR]

Tópicos:

#Futebol

Últimas