PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Espanha

Espanha pretende avançar com plano para tratar a COVID-19 como se fosse gripe

11 Janeiro, 2022 - 14:25

1249

0

Espanhóis pretendem, desta forma, olhar para a COVID-19 como mais uma doença respiratória. 

As autoridades sanitárias espanholas estão a finalizar um plano para passar a tratar a covid-19 como uma gripe comum, avançou o jornal espanhol El País.

 

O novo esquema pretende substituir a contagem caso a caso, e os testes ao mais pequeno sintoma, por uma rede “sentinela”. Os espanhóis pretendem, desta forma, olhar para a COVID-19 como mais uma doença respiratória. 

 

De acordo com aquele jornal, tudo vai processar-se através de um plano que as as autoridades de saúde espanholas levam meses a desenvolver, e que estará a entrar nos detalhes finais. O objetivo é abandonar gradualmente a vigilância universal da COVID-19, substituindo-a com um sistema de “sentinelas”, tal como já acontece, há anos, com a gripe.

 

Isto significa que, em vez de reportar cada caso positivo de COVID-19 – o que se torna cada vez mais difícil, com a multiplicação exponencial do número de novos casos diários – os espanhóis pretendem formar um grupo de médicos de atenção primária, ou centros de saúde, em combinação com hospitais, que servirá como “testemunhas” do avanço da COVID-19.

 

Assim, as autoridades sanitárias procuram criar uma amostra estatisticamente significativa, distribuída em pontos-chave, com a qual se torna possível calcular a forma como a doença se está a espalhar, sem ter de recorrer a uma contagem exaustiva dos casos positivos.

 

Espanha contabiliza cerca de 90 mil mortes associadas à COVID-19, desde o início da pandemia.

 

 

[Fotografia: Arquivo/DR]

Últimas