Home Alto Minho ENVC: Empresa chega aos 68 anos a olhar China, Rússia e Brasil como possível salvação