PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Monção

Eis as grandes vencedoras do concurso “Ser Mulher em Monção é…”

8 Março, 2023 - 19:29

3491

0

Dia Internacional da Mulher.

Mafalda de Castro conquistou o primeiro lugar no concurso Ser Mulher em Monção é…

 

A iniciativa, a cargo do Município de Monção, desafiou todas e todos os monçanenses a participar com um vídeo, frase, fotografia, música, pintura, ilustração, conto ou poesia.

 

As criações foram colocadas pelos autores a concurso em forma de comentários numa publicação no Facebook indicada pela autarquia.

 

O vencedor seria aquele que somasse mais interações (gostos).

 

O primeiro prémio foi atribuído a Mafalda de Castro, que somou 225 gostos. Esta artista elaborou uma pintura alusiva a Deu-la-Deu Martins, heroína de Monção, que deslumbrou centenas de internautas.

 

Vai receber um voucher para jantar num restaurante local, no valor de 100 euros.

 

 

Obra de Mafalda de Castro alcançou o primeiro lugar no concurso

[Créditos: Mafalda de Castro/Via FB Município Monção]

 

 

 

O 2º prémio foi atribuído a Catarina Vilar que, com apenas três frases, competiu com a primeira classificada. A garra nas palavras e a alusão a elementos tão queridos dos monçanenses levaram-na ao segundo lugar do pódio com 211 gostos.

 

Vai ser premiada com um Cabaz Monção, recheado de produtos locais.

 

 

Eis o texto:

«Ser mulher em Monção é ser rija de fé e calo como as muralhas salvas por Deu-la-Deu. É ser fruto das uvas esmagadas e das desfolhadas ao entardecer. É ter orgulho em cada calçada que embarga a nossa vila raiana e que pisamos com vigor e brio por aquilo que Monção nos torna: um misto de graciosidade e valentia. Ser mulher em Monção, não se diz: sente-se!»

 

 

O bronze foi para Ana Palmeira que recorreu à poesia. Com rimas, foi também capaz de mostrar a força das mulheres monçanenses numa alusão a lenda da Coca (dragão) e de São Jorge. Somou 122 gostos na hora do fecho da votação.

 

Vai receber o já popular jogo de tabuleiro Monção e o Dragão – Uma Peleja Ancestral

 

 

Eis o poema:

«Ser Mulher em Monção…
É uma peleja Ancestral,
Em que a Mulher luta contra o dragão
Sem a lança na mão
Sem a espada na outra
Apenas com a sua força interior,
com a sua vontade de Ser
e a sua determinação
A Mulher não se deixa dominar pelo Dragão.
Numa peleja Ancestral
A mulher contra a figura Mitica do Poder
Luta pelo bem, pelo fazer, pelo Poder Ser
Ser Mulher,
num mundo de fogo onde tem que sobreviver.
Nesta peleja Ancestral
A Mulher
Não precisa de lanças
Não precisa de espadas
Não precisa de Príncipes desencantados de lendas e contos de fadas
Precisa apenas de olhar o Dragão de frente
E simplesmente Ser!
Ser Mulher!»

 

 

Recorde-se que esta iniciativa pretendeu celebrar o Dia Internacional da Mulher e “homenagear todas as mulheres de Monção, bem como, celebrar todas as conquistas alcançadas, até ao momento, no caminho pela igualdade”.

 

A entrega dos prémios realiza-se esta quinta-feira, pelas 15h30, no Museu Monção & Memórias, integrando o programa de Apresentação Pública do Plano Municipal para a Igualdade e Não Discriminação do Município de Monção.

 

 

 

[Fotografia Capa: Mafalda de Castro/Via FB Município Monção]

Tópicos:

#Dia da Mulher

Últimas