PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Vale do Minho

Economia: Este é o concelho do Vale do Minho onde o dinheiro ‘gira mais’

1 Setembro, 2022 - 10:14

2292

0

Economia.

Caminha lidera entre os seis concelhos do Vale do Minho e é o terceiro dos 10 do Alto Minho em valores transacionados desde o início do ano, anunciou a autarquia esta quinta-feira.

 

De acordo com os números oficiais do SIBS Analytics, no mês de junho, as operações de pagamento eletrónico através do Multibanco cresceram 28% e as operações de numerário cresceram 21% relativamente ao mês de junho do ano transato.

 

No total, registou-se um movimento global de 323 mil euros, só num mês, montante que contribuiu para um acumulado de 3,8 milhões de euros desde o início de 2022.

 

O SIBS Analytics é um portal de indicadores de consumo que mostra, de forma agregada e organizada, os dados do consumo em Portugal, através da atividade dos múltiplos canais geridos pela SIBS, dos quais se destacam os terminais de multibanco e o MB Way.

 

Caminha registou no último mês a terceira maior subida no distrito nos pagamentos eletrónicos e a segunda maior subida nas operações de numerário, ficando, em termos globais, no terceiro lugar distrital, apenas atrás de concelhos com o triplo e o quíntuplo da população como são Ponte de Lima e Viana do Castelo.

 

“Os números dos pagamentos e levantamos de dinheiro nas caixas multibanco são importantes porque confirmam a perceção que temos sentido desde o início do ano. O concelho de Caminha está em alta rotação, com muita gente, muitos turistas e com uma dinâmica comercial fortíssima”, aponta o Presidente da Câmara, Miguel Alves.

 

“Apesar de sermos o quinto concelho com mais habitantes no distrito, somos o terceiro com mais movimento comercial e o que cresceu acima da média do distrito e da região. Vencemos a estagnação que a pandemia impôs, calamos o agoiro dos que desejam mal a tudo, temos a taxa de desemprego mais baixa de sempre e isso quer dizer que estamos a fazer bem o nosso trabalho. Estamos todos, população, empresas, instituições”, sublinhou o autarca.

 

Para a edilidade, os números da SIBS refletem a recuperação sentida na economia do concelho desde meados do ano passado, depois de todas as restrições impostas com a pandemia. O valor das transações de julho agora conhecidos aproximam-se muito dos valores movimentados em agosto do ano passado.

 

“O efeito de atração que o concelho de Caminha impõe hoje no contexto da região e o sucesso de eventos ocorridos em julho, como foram os casos flagrantes do Artbeerfest e da Feira Medieval de Caminha que tiveram, este ano, as melhores edições de sempre, influenciaram a boa performance do concelho e abrem excelentes perspetivas para o balanço final do verão”, considera o Município em nota enviada.

 

 

[Fotografia: Terceira Dimensão]

Últimas