PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Minho

Confrades de Honra da Foda vencem Prémio da ‘Música Ligeira e Popular’

16 Maio, 2024 - 22:41

927

0

PLAY – Prémios da Música Portuguesa.

O popular grupo Sons do Minho venceu esta quinta-feira o prémio Música Ligeira e Popular, durante a 6.ª edição dos PLAY – Prémios da Música Portuguesa.

 

A banda, liderada por Jorge Salgueiro e Pi d’Areosa, alcançou o galardão com o tema Recomeçar.

 

 

 

 

 

Os Sons do Minho, recorde-se, festejaram no passado mês de fevereiro, 14 anos de existência.

 

Surgido em 2010, o grupo é constituído por oito jovens músicos que baseiam a sua proposta artística num repertório de temas originais (alguns deles tendo pro base o cancioneiro popular português), bem como nas características cantigas ao desafio ou desgarradas.

 

São sempre aplaudidos por onde passam. Em Monção ganharam um carinho especial depois de terem lançado o tema Vamos à Foda, em homenagem ao emblemático prato do concelho: a Foda à Monção.

 

Jorge Salgueiro e Pi d’Areosa, vocalistas, são Confrades de Honra da Confraria da Foda de Pias, Monção.

 

No passado mês de outubro marcaram presença em mais um capítulo desta confraria e não pouparam elogios a um prato que foi elevado em 2018 a uma entre as 7 Maravilhas de Portugal à Mesa.

 

“Este prato é um símbolo de Monção. É símbolo da tradição, da amizade e de tudo o que nos faz juntar hoje aqui em Monção”, disse Jorge Salgueiro à Rádio Vale do Minho.

 

Sobre o tema Vamos à Foda, recorde-se, asseguraram que só o cantam em Monção.

 

“Só cantamos o Vamos à Foda em Monção! É exclusivo”.

 

Os PLAY – Prémios da Música Portuguesa são promovidos pela Audiogest, que gere e representa os direitos das editoras multinacionais, nacionais e independentes, e ainda pela GDA, entidade que gere os direitos dos artistas, intérpretes e executantes.

 

Criados em 2019 com o objetivo de celebrar e promover o talento e a carreira dos artistas portugueses e lusófonos, os Prémios PLAY são atualmente a grande festa da música nacional, contribuindo também para o desenvolvimento cultural e económico do país.

 

 

 

[Fotografia: RTP]

Últimas