PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Vila Nova de Cerveira

Cerveira: Indústria e Cultura são as ‘jóias’ do primeiro ano de Rui Teixeira

2 Outubro, 2022 - 12:20

414

0

Dia do Município.

Indústria e Cultura foram as duas grandes áreas que, disse o presidente da Câmara de Vila Nova de Cerveira, marcaram este primeiro ano de mandato. Considerações feitas este sábado, no dia em que o concelho assinalou os 701 anos da sua fundação, concedida pelo rei D. Dinis através de Foral.

 

“Foi um primeiro ano muito intenso, de grande transformação com vários projetos. Alguns já executados e outros que vão transformar a vila”, disse Rui Teixeira aos jornalistas.

 

Dentro destes, o edil cerveirense destacou duas grandes apostas: uma na área da indústria e outra na cultura.

 

Na indústria, a empreitada de construção do novo Parque Empresarial de Cerveira – Polo V, na Freguesia de Sapardos. Já arrancou e o objetivo é “criar condições favoráveis e atrativas para a instalação de operadores económicos no concelho”.

 

Com uma localização estratégica junto ao nó da A3, a obra prevê a criação de 12 lotes de dimensões idênticas, com cerca 2.700 m2 cada, numa área total de 32.602 m2, e de infraestruturas com caraterísticas compatíveis com as exigências da procura, principalmente ao nível do Sistema de Indústria Responsável (SIR).

 

 

Novo Parque Empresarial deverá estar concluído em abril do próximo ano

[Foto: Município VN Cerveira]

 

 

Os trabalhos, deverão estar concluídos até ao final de abril de 2023. Nesta fase, decorre a instalação das infraestruturas no arruamento principal. Com um valor de contrato de 1.143.075,13 euros, o investimento é cofinanciado pelo Programa Operacional Regional do Norte 2020 através de um fundo FEDER de 667.285,30 euros.

 

Na área da cultura, o novo auditório do concelho – que também já está em construção. Terá capacidade para 408 lugares sentados (com oito destinados a pessoas com deficiência motora)”

 

A empreitada, que representa um dos maiores investimentos na cultura nas últimas décadas, deverá estar concluída até ao final do Verão de 2023.

 

Novo auditório terá capacidade para 408 lugares sentados
[Fonte: Município VN Cerveira]

 

Esta empreitada representa, ainda, para Rui Teixeira, a oportunidade de “dar continuidade a um projeto do PS interrompido em 2013, que à data, significaria que Vila Nova de Cerveira envergaria o maior palco cultural fechado de todo o distrito de Viana do Castelo”.

 

Com um valor contratual global na ordem dos 2,7 milhões de euros, trata-se de um investimento que corresponde a uma prioridade do Plano de Ação de Reabilitação Urbana de Vila Nova de Cerveira (PARU) e é cofinanciado, em cerca de 1,8 milhões de euros, pelo Programa Operacional Regional do Norte 2020 através de um fundo FEDER.

 

As celebrações do Dia do Município arrancaram às 9h30 com o hastear das bandeiras, que contou com a atuação da Academia de Música Fernandes Fão e com a Guarda de Honra dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira.

 

Seguiu-se, às 10h00, a inauguração da Exposição “O Baú Cerveirense da Guerra Colonial (1961-1974)”, no Arquivo Municipal e às 10h45 a recolocação de marco miliário, nos Paços do Concelho.

Veja a galeria de fotos [créditos: Município de Vila Nova de Cerveira]

 

 

Durante a tarde, no Cineteatro do concelho, realizou-se a sessão solene de imposição de Medalhas de Mérito e Menções Honrosas. O momento contou com a presença, entre outras individualidades, do Ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro.

 

 

Veja a galeria de fotos [Rádio Vale do Minho]

 

 

[Fotografias capa: Rádio Vale do Minho]

Últimas