PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Galiza

Cerveira: Fim do baloiço é também notícia do ‘lado de lá’ do rio Minho

6 Julho, 2022 - 18:54

752

0

Baloiço recebeu milhares de visitantes, muitos deles galegos.

A retirada do baloiço panorâmico junto à escultura do Cervo, em Vila Nova de Cerveira, já é notícia do lado de lá do rio Minho. Esta quarta-feira, o jornal Atlántico – com redação em Vigo – dá conta de que “um dos baloiços mais famosos de Portugal já não vai poder ser mais utilizado”.

 

Ao longo da notícia, o periódico galego explica o que pelo Alto Minho já se sabe. “O baloiço, a menos de uma hora de Vigo, não cumpria com as exigências legais para ser utilizado”, escreve o jornal.

 

Jornal Atlántico noticia esta quarta-feira o encerramento de “um dos mais famosos baloiços de Portugal”

 

 

“Segundo a Câmara, [a instalação do baloiço] obedece a uma legalização e como tal não foi possível, vamos retirá-lo para não haver problemas”, explicou o presidente da Junta de Cerveira e Lovelhe, Constantino Costa, ao jornal O Minho, acrescentando que tal deverá acontecer logo que haja disponibilidade de uma grua para o tirar.

 

Recorde-se que na passada segunda-feira, o Município de Vila Nova de Cerveira emitiu um comunicado onde rejeita quaisquer responsabilidades caso o baloiço venha a ser retirado. 

 

“A União de Freguesias de Vila Nova de Cerveira e Lovelhe procedeu à colocação do denominado baloiço CerLove, próximo da Escultura do Cervo, em 2 de julho de 2020; Aquela União de Freguesias enviou à Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, no dia 21 de março de 2022, um ofício a solicitar a legalização do aludido equipamento”, lê-se na nota enviada à imprensa.

 

“Após ter sido considerada a localização, no âmbito do Plano Diretor Municipal (PDM) em vigor, e depois da análise por parte da Comissão Municipal de Gestão Integrada de Fogos Rurais, de acordo com o Decreto-Lei nº 82/2021, de 13 de outubro, os Serviços Técnicos da Câmara Municipal solicitaram elementos adicionais para complemento do processo, tendo a Câmara Municipal comunicado essa decisão, por ofício, em 25 de maio de 2022 à Requerente”, prossegue a autarquia.

 

No entanto, conta o Município presidido por Rui Teixeira, “até à presente data, a Requerente ainda não apresentou os elementos solicitados, nem, obviamente, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira deliberou ou emitiu qualquer despacho para retirar o equipamento denominado baloiço CerLove“.

 

“Se a União de Freguesias de Vila Nova de Cerveira e Lovelhe considera, agora, ser necessária tal legalização, entende este Executivo Municipal, de acordo com as normas em vigor, que devia ter solicitado o seu licenciamento ou autorização previamente à colocação do equipamento em apreço, isto é, no ano de 2020″, considera ainda o Município.

 

Conclui a autarquia que, “face ao que atrás foi exposto, uma vez que a colocação do baloiço foi decidida de forma unilateral pela União de Freguesias de Vila Nova de Cerveira e Lovelhe, apenas a essa entidade podem ser imputadas quaisquer responsabilidades”.

 

Com vistas soberbas sobre o rio Minho, instalado no Miradouro do Cervo, em Vila Nova de Cerveira, o baloiço gigante de Vila Nova de Cerveira foi inaugurado no dia 2 de julho de 2020.

 

A estrutura foi elaborada pela União de Freguesias de Vila Nova de Cerveira e Lovelhe. Por estar situado na União de Freguesias de Cerveira e Lovelhe, o baloiço foi batizado de CerLoveUm nome que permite também o duplo sentido de “Cerveira Amor”.

 

Tem cerca de sete metros de altura e contempla dois baloiços, podendo, assim, proporcionar um cenário mais romântico.

 

Original do documento AQUI.

 

 

[Fotografia: DR]

Últimas