PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Vila Nova de Cerveira

Cerveira: Escola EB 2,3/S está a ficar como nova… e já há data para o fim das obras

3 Novembro, 2022 - 18:55

247

0

Educação.

Com o objetivo de modernizar e melhorar as infraestruturas de ensino, o Município de Vila Nova de Cerveira está a levar a cabo a 2.ª fase da empreitada de requalificação da Escola EB 2,3/Secundária de Vila Nova de Cerveira.

 

A obra, que entra agora na fase final, representa um investimento aproximado de 2 milhões de euros e está previsto que fique concluída em janeiro de 2023.

 

Construção de raiz de um edifício designado como Centro de Recursos, composto por biblioteca/auditório, com capacidade para 119 lugares sentados, beneficiação do edifício existente, cobertura dos corredores de circulação e dos espaços de recreio exteriores e reforço das condições de segurança e de acessibilidades são os principais pilares desta requalificação.

 

“Os meses de interrupção escolar pautaram-se por uma grande atividade no edifício existente, tendo sido concluída a ampliação do espaço de refeitório, a requalificação da cozinha, a criação de novas áreas de balneários/vestiários e armazenagem, a criação da nova sala de professores e de direção, libertando assim espaços para a nova sala de futuro. Foi, ainda, intervencionado o átrio principal com vista à melhoria térmica e acústica do edifício”, disse o presidente da Câmara, Rui Teixeira.

 

O autarca acrescentou ainda que que “foram mobilizados todos os esforços financeiros e de recursos humanos da autarquia e da escola para que o início do arranque escolar, no passado dia 19 de setembro, fosse uma realidade”.

 

Trata-se de uma intervenção de fundo que tem como objetivo requalificar e modernizar as instalações, melhorar a atratividade das infraestruturas, através da criação de novas valências que promovam a alteração do paradigma das antigas escolas, conferir aos edifícios maior conforto térmico e condições de estanquidade, promover o acesso e o incremento do sucesso escolar, contribuindo, também, para a diminuição da taxa de abandono escolar e para o aumento da taxa de conclusão de ensino secundário.

 

Um esforço que o autarca cerveirense considera fundamental “para a melhoria das condições de bem-estar e segurança das crianças e jovens em contexto escolar e, por conseguinte, para consolidar um ensino de qualidade e uma aprendizagem mais emancipada, assente na defesa intransigente da escola pública e que não teria sido possível sem o apoio dado pelo Ministério da Educação, pasta na altura tutelada pelo Ministro Tiago Brandão Rodrigues”.

 

Financiado pelo Programa Operacional Norte 2020, a empreitada de requalificação foi comparticipada pelo FEDER (1.692.735,71 euros) e pelo Ministério da Educação (149.359,04 euros).

 

 

 

[Fotografia: Município VN Cerveira]

Últimas