PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Caminha

Caminha: Município aumenta número de beneficiários de incentivos a estudantes do Ensino Superior

7 Abril, 2022 - 10:14

295

0

Apoios.

O Município de Caminha vai voltar a aumentar neste ano letivo o número de beneficiários de incentivos a estudantes do Ensino Superior. Serão 17 ao todo, entre os que continuam a ser apoiados e os novos apoios (sete).  A decisão foi tomada esta quinta-feira, em reunião do Executivo Municipal.

 

A medida teve em conta a realidade ainda excecional em consequência da pandemia e os seus reflexos nas famílias. A análise das candidaturas revelou que, em vários casos, os candidatos apresentavam rendimentos per capita relativamente semelhantes e enquadrados em situação de vulnerabilidade socioeconómica.

 

A opção foi conceder o apoio a todos os candidatos que cumprem as condições gerais de admissão.

 

Recorde-se que no ano passado, a Câmara de Caminha decidiu duplicar número de estudantes apoiados no ano letivo 2020/21 no Ensino Superior. No total, foram apoiados 17 estudantes, dos quais uma dezena foram novos apoios (os restantes sete transitaram de anos anteriores).

 

Anualmente, a Câmara abre candidaturas para atribuição de incentivos a estudantes do ensino superior, apoiando, para além dos beneficiários de anos anteriores, mais cinco estudantes do concelho. Contudo, no passado ano letivo, o Presidente da Câmara, Miguel Alves, decidiu alargar esses apoios, propondo ao Executivo o dobro, ou seja passando para 10 o número de novos beneficiários, o que foi aceite.

 

A decisão prendeu-se com vários factores, desde logo a realidade excecional vivenciada, fruto das medidas restritivas com vista à prevenção do contágio por COVID-19, com forte impacto económico nas famílias.

 

Tal como este ano, a decisão teve em conta ainda o fato dos candidatos admitidos a concurso apresentarem rendimentos per capita relativamente próximos e enquadrados em situação de vulnerabilidade socioeconómica, além de que os dados recolhidos em sede de entrevista revelaram o visível esforço financeiro que as famílias estavam a fazer para que os candidatos concluíssem o seu curso superior.

 

 

[Fotografia: Arquivo/DR]

Últimas