PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

0

0

Autárquicas
Caminha
Destaques

Caminha: Cartazes do PS vandalizados – Socialistas vão apresentar queixa-crime

18 Agosto, 2021 - 12:01

61

0

PUB Vários cartazes de apoio a Miguel Alves, candidato socialista à Câmara Municipal de Caminha, voltaram a ser vandalizados no concelho durante a madrugadas desta quarta-feira. A situação, recorde-se, já […]

PUB

Vários cartazes de apoio a Miguel Alves, candidato socialista à Câmara Municipal de Caminha, voltaram a ser vandalizados no concelho durante a madrugadas desta quarta-feira. A situação, recorde-se, já tinha sido registada na semana passada com vários outdoors colocados na rotunda do Barco da N13 e na rotunda da Baralha, em Vila Praia de Âncora, com cortes efetuados à altura do pescoço da fotografia de Miguel Alves.

“O PS Caminha entendeu não reagir aos três primeiros atos de vandalismo, mas os custos financeiros e, sobretudo, para a liberdade de expressão que a atitude criminosa representa, não podem mais passar em claro”, anunciou a concelhia do partido que decidiu apresentar queixa-crime contra incertos.

“Há poucos dias foram destruídos alguns cartazes colocados na freguesia de Âncora. Já esta semana apareceram no chão estruturas montadas junto ao Passeio Francisco Sampaio em Vila Praia de Âncora e, esta madrugada, foram vandalizados, pela segunda vez, os outdoors substituídos há uma semana e outros cartazes de Âncora, como se pode ver nas fotografias”, descreve a estrutura local do partido.

“Neste último caso, o criminoso não deixou de revelar as suas intenções tendo deixado a mensagem «Miguel Alves, merda já cá temos muita! Rua»“, lê-se.

“O PS Caminha repudia vigorosamente quaisquer atos de vandalismo, venham eles de onde vierem, sejam dirigidos a quem forem e vai apresentar uma queixa-crime junto do Ministério Público de Caminha de modo a que os factos possam ser investigados”, garantem os socialistas.

“O PS reafirma o seu compromisso total com o debate democrático e com o Estado de Direito e vai continuar a pautar a sua campanha com nota de positividade, apresentando a obra feita ao longo de 8 anos e lançando os projetos para o futuro”, conclui a nota enviada à Rádio Vale do Minho.

 

Veja as fotos [créditos: concelhia PS Caminha]

 

 

Coligação de direita repudia atos de vandalismo

 

Recorde-se que, na semana passada, a candidata à Câmara Municipal de Caminha pela coligação PSD/CDS-PP/PPM/Aliança manifestou total repúdio por eventuais atos de vandalismo. No entanto, numa mensagem deixada nas redes sociais, Liliana Silva, não deixou de enviar recados à esquerda.

“Na política, como na vida, não pode valer tudo !! Um concelho tem que ser gerido com responsabilidade, transparência, a servir os nossos munícipes com respeito. A estratégia política da vitimização começa a cansar”, disse.

“Deixo publicamente o meu repúdio total a quem se presta a cortar cartazes sejam de que candidato for. Começa a ser rotineiro, eleições atrás de eleições, quando as coisas não correm de feição para alguns, aparecerem cartazes rasgados. Começa a parecer mais estratégia de marketing do que maldade de alguém. Os caminhenses são boa gente e de paz!”, exclamou Liliana Silva.

As investigações prosseguem.

 

PUB

Tópicos:

#Autárquicas 2021

Últimas