PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Ponte de Lima

Cabrito é o protagonista do 16º Concurso Gastronómico da ESA-IPVC

5 Julho, 2012 - 14:58

176

0

Depois de uma interrupção no ano passado, esta iniciativa, que se constituiu como a festa de mais um final de ano letivo, regressa para aperfeiçoar as ligações e parcerias com entidades, associações e cooperativas locais.

A Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESA-IPVC) realiza, no dia 20 de Julho, em Refóios do Lima, Ponte de Lima, o seu 16º Concurso Gastronómico, com o tema “Cabrito de Terras de Bouro em Modo de Produção Biológico”.

Depois de uma interrupção no ano passado, esta iniciativa, que se constituiu como a festa de mais um final de ano letivo, regressa para aperfeiçoar as ligações e parcerias com entidades, associações e cooperativas locais.

O cabrito de raça Bravia é o centro das atenções desta edição. Presentes na nossa alimentação ao longo de vários séculos, a carne de cabrito apresenta sabor caraterístico, suculenta, com elevado valor de proteína e ferro e reduzido teor de gordura.

José Pedro, da comissão organizadora, explica que a Escola Superior Agrária e a Escola Superior de Tecnologia e Gestão do IPVC têm realizado estudos sobre a capacidade produtiva e qualidade da carne destes cabritos, com a colaboração da Associação de Produtores Biológicos de Terras de Bouro, no âmbito do Mestrado em Agricultura Biológica, e daí a seleção para este concurso.

O concurso é dirigido exclusivamente a pessoas ligadas ao politécnico vianense, entre professores, funcionários e alunos. Reza a história que surjam entre 10 a 20 grupos de concorrentes que, no final de apresentar os seus pratos, ficam sujeitos à avaliação de um júri.

Os cabritos de raça Bravia são alimentados predominantemente com leite materno até aos três meses de idade. Já no “Relatório do Intendente de Pecuária do Distrito de Braga”, de 1870, se fazia referência à raça Bravia. Julga-se que a origem desta raça esteja ligada à cabra selvagem da serra do Gerês, extinta no princípio do século XX.

Pelo Concurso Gastronómico, que teve a sua primeira experiência em 1996, já foram destaque a carne de coelho, porco, frango do campo, produtos vegetais, o vinho na gastronomia, vitela da barrosã, anho de Entre Douro e Minho, fumeiro de Melgaço, carne de pato e kiwi, agricultura biológica, carne de cachena, e o último, em 2010, dedicado aos cogumelos.

O programa desta 16ª edição arranca às 20h00 do dia 20 deste mês com o concurso, segue-se um jantar-convívio, e momentos musicais com tunas e um grupo de jovens de música clássica de Braga.

Últimas