PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Monção

Monção: Barbosa quer mais espaço para as pessoas – 1 milhão para tirar carros do centro histórico

4 Novembro, 2021 - 15:03

2197

0

Dois parques de estacionamento já estão em execução. Um outro com empreitada em concurso público.

No total são 180 lugares de estacionamento. Estão divididos por três parques: dois deles em execução (Cova do Cão e Portas de Salvaterra) e outro, na Entrada Poente, com empreitada já lançada a concurso público. O Município de Monção está determinado a retirar carros do centro histórico. Em números, cerca de um milhão de euros para estas três obras.

 

Em declarações à Rádio Vale do Minho, o presidente da Câmara de Monção sublinhou que a autarquia está a “apostar numa maior fruição do espaço público”. “Menos carros e mais liberdade e mais espaços para que as pessoas possam circular, e mais visibilidade para o comércio local”.

 

Recorde-se que a construção do Parque de Estacionamento das Portas de Salvaterra arrancou em janeiro deste ano.

 

Além da valorização daquela zona histórica, a intervenção prevista “compreende a criação de um parque com 40 lugares de estacionamento, um dos quais para pessoas com mobilidade reduzida”.

Os trabalhos, adjudicados à empresa Plano Minho, Unipessoal, Lda, pelo valor global de 153.123,96 euros, imposto incluído, constam da valorização daquele espaço histórico, alargamento da via de acesso e modernização das infraestruturas elétricas, com consequente reforço da iluminação pública.

 

Cerca de quatro meses depois, arrancou a construção do Parque da Cova do Cão.

 

A intervenção, de acordo com o Município, propõe a reorganização daquele espaço, tornando-o mais atrativo e funcional para as pessoas que se deslocam ao centro histórico ou aos serviços públicos próximos.

 

“O plano integrado de reorganização automóvel e mobilidade dos munícipes, onde se insere um conjunto de intervenções nas proximidades do centro histórico, vai contribuir para a valorização da imagem da nossa vila, servindo como incentivo para dinamizar a atividade comercial e reforçar a reabilitação urbanística”, explicou na altura António Barbosa.

 

Além do reforço da iluminação pública e colocação de nova sinalização, está prevista a criação de uma área funcional e disciplinada com capacidade para 67 lugares de estacionamento, acrescido de espaços próprios para motos e velocípedes. De acordo com a legislação em vigor, estão previstos três lugares para pessoas com mobilidade condicionada.

 

O parque de estacionamento da Cova do Cão, com a respetiva valorização patrimonial e paisagística envolvente, enquadra-se num plano estruturado de reorganização automóvel e mobilidade dos munícipes, o qual abrange intervenções em outros locais da zona urbana.

 

 

[Fotografia: Google Maps]

Últimas