PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

0

0

Autárquicas
Destaques
Valença

Autárquicas/Valença: “Vamos sair da AdAM!”, garante candidato do Nós Cidadãos

8 Agosto, 2021 - 12:55

61

0

PUB “Vamos sair da AdAM [Águas do Alto Minho]!”. A garantia foi deixada este sábado pelo candidato do Nós Cidadãos à Câmara Municipal de Valença nas próximas autárquicas, António Dias, […]

PUB

“Vamos sair da AdAM [Águas do Alto Minho]!”. A garantia foi deixada este sábado pelo candidato do Nós Cidadãos à Câmara Municipal de Valença nas próximas autárquicas, António Dias, na cerimónia de apresentação dos candidatos do partido às várias dezenas de simpatizantes que se juntaram nas portas do meio da Fortaleza de Valença.

As normas recomendadas pela Direção-Geral de Saúde foram rigorosamente cumpridas. Um público com gente de todas as idades onde não faltaram bandeiras e os tradicionais autocolantes com o logótipo do partido.

“Somos os únicos que podemos dizer que vamos sair da AdAM! Isto porque sempre votamos contra. Sempre fomos coerentes”, exclamou António Dias. “Manifestei essa posição em Assembleia Municipal, quando pedi que fossem ouvidos todos os munícipes e nada foi dito”, lamentou.

“Pedi aos presidentes de Junta que votassem contra. Tal como eu, não tiveram oportunidade nem tempo útil para chegarem junto das suas populações e pedir autorização para lhes irem ao bolso todos os dias durante trinta anos”, atirou. Forte aplauso no público.

 

 

Ensinar a história de Valença nas escolas

 

 

António Dias seguiu com o programa eleitoral. Quer mais Saúde para o concelho. “Vamos trabalhar com afinco no sentido de devolver o Serviço de Urgência aos valencianos que tanta falta nos faz”, comprometeu-se.

“É preciso perceber, inequivocamente, aquilo que aconteceu. Tudo faremos para reverter e recuperar as Urgências para os valencianos. A população não pode estar sujeita a chamar uma ambulância sem saber se chegam com vida a Viana do Castelo ou a Braga”.

Virou para a Educação. O candidato do Nós Cidadãos quer mais. “É necessário recuperar a boa notoriedade das escolas de Valença”, considera. Defende, por isso, “continuar obras nestas escolas dotando-as de melhores condições técnicas e humanas”.

“Mas é igualmente necessário que se faça um estudo sociológico alargado, no sentido de perceber o estado da situação que se vive na educação. Isto para que se tomem depois as medidas corretivas adequadas”, defende.

E há também o chamado “bairrismo” do qual, para o candidato, Valença carece. Para dar solução a esta matéria, António Dias defende que “sejam criadas as condições para que na escola se ensine a história de Valença”. “Para saber para onde vamos, temos de saber de onde vimos!”. Aplausos.

 

 

António Dias apresentou-se aos simpatizantes este sábado, na Fortaleza de Valença

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

 

 

Bilhética na Fortaleza

 

 

Na área do Lazer, António Dias compromete-se à “criação de um parque transfronteiriço entre Valença e Tui”. “Para além de uma ponte, irá também contemplar campos de jogos, uma zona aquática, um jardim botânico e um conjunto de bungalows que – em caso de emergência – poderão ser usados como pontos de abrigo para as pessoas”, descreveu realçando a importância de um novo parque de caravanismo.

António Dias que mais Apoio Social nas freguesias. E quer também mais Turismo. O candidato quer ver, definitivamente, a Fortaleza de Valença elevada a Património da UNESCO. “Criaremos roteiros turísticos. Sobretudo roteiros religiosos”, garantiu. “É algo que une de forma transversal todo o concelho, porque todas as freguesias têm património religioso. Temos igrejas lindíssimas por essas freguesias e que estão fechadas à visitação”, lamentou.

Mas, apontou, “a gastronomia também move pessoas”. O candidato do Nós Cidadãos defende por isso a criação de Roteiros Gastronómicos. “É mais uma oferta a quem nos visita. Além de ter oportunidade de visitar igrejas, poderão também visitar restaurantes típicos ou temáticos para ali também poderem acolher um pouco da nossa cultura”. Ato contínuo, sublinhou a importância de mais apoios aos Grupos Folclóricos do concelho.

Puxou de dados estatísticos. “Quem nos visita pernoita, em média, 1,4 dias. Temos de criar condições para que estas pessoas que nos visitam possam sentir prazer em cá estar e que tenham outras ofertas para passar o seu tempo”.

Seguiu então para uma das medidas que marca esta candidatura: a colocação de um sistema de bilhética na Fortaleza de Valença. “Valencianos e tudenses não pagarão. Eventualmente, outros do distrito poderão não pagar desde que exista reciprocidade”, gizou.

Para onde vai a receita? “Vai reverter não só para a publicitação do amuralhado e do concelho. Outra parte dessa verba irá reverter para a Ação Social, não se tratando do apoio às associações dado que esse decorre da lei e tem de ser reforçado”, defendeu. As freguesias irão também ser beneficiadas com parte deste valor “reforçando assim a sua autonomia financeira”.

 

 

Mais emprego

 

 

No Desporto, António Dias pretende novas modalidades e apostar mais no rio Minho “como é o caso do remo”. Quer ver mais desportos radicais. “O desporto também traz gente e o desenvolvimento faz-se com gente”, realçou.

O Nós Cidadãos pretende ainda mais Cultura para Valença. “Temos de criar eventos estruturais. Ao fim de todos estes anos, não temos nenhum evento que tenha ficado de forma permanente”, lamentou. “Não temos agenda cultural. Não há continuidade e temos de o fazer”.

Para o final, António Dias deixou dois dos itens fundamentais. Mais e melhor urbanismo e também mais emprego. “É fundamental colocar em prática aquilo que é a Plataforma Logística que, por si só, poderá criar até 2.500 postos de trabalho diretos”. Longo aplauso.

O Nós Cidadãos almeja ainda a concretização de uma zona franca. “Poderá permitir o desenvolvimento não só de uma região mas de um país inteiro. Nós temos a pretensão de desenvolver o nosso concelho e que seja uma referência em termos socioeconómicos no distrito de Viana do Castelo”.

A concluir, António Dias reiterou que esta é uma candidatura “onde as pessoas estão em primeiro lugar. Os nossos jovens que nos abandonam porque não têm oferta adequada à sua formação”.

“Tenham sempre uma atitude refletida. Contamos convosco e vamos ganhar Valença!”, exclamou António Dias. “Vamos recuperar a nossa identidade! Vamos recuperar o nosso bairrismo e o nosso orgulho!”, finalizou o candidato perante mais uma longa ovação.

As próximas eleições autárquicas estão marcadas para dia 26 de setembro.

 

[Fotografias: Rádio Vale do Minho]

 

PUB

 

 

 

 

 

Tópicos:

#Autárquicas 2021

Últimas