PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

0

2

Autárquicas
Paredes de Coura

Autárquicas/P. Coura: Candidato do PS leva tranquilidade às freguesias e deixa compromisso sobre a água

19 Setembro, 2021 - 20:34

723

0

PUB “A nossa diferença é sempre a exigência”. A mensagem está a ser deixada pelo cabeça-de-lista pelo PS à Câmara de Paredes de Coura nas próximas eleições autárquicas, Vítor Paulo […]

PUB

“A nossa diferença é sempre a exigência”. A mensagem está a ser deixada pelo cabeça-de-lista pelo PS à Câmara de Paredes de Coura nas próximas eleições autárquicas, Vítor Paulo Pereira, em cada freguesia por onde passa.

Sempre com um sorriso, o autarca – que se recandidata a um terceiro e último mandato – saúda a população. Ainda se evitam os abraços e os beijinhos devido à pandemia, mas continuam a simpatia a irreverência de um socialista cujo nome ganha cada vez mais peso para os lados de Lisboa.

A adesão à empresa Águas do Alto Minho trouxe desagrado à generalidade da população. Faturas elevadíssimas geraram mesmo indignação tanto neste como noutros concelho. No entanto, Vítor Paulo Pereira mostra-se agora tranquilo e acredita que o futuro será bem diferente.

“O compromisso que temos com vocês é que a fatura não vai disparar e vamos controlar os preços”, garantiu o autarca socialista, explicando que “a faturação vai ser mais controlada e rigorosa”.

 

Condutas para a fábrica de vacinas e saneamento em Cossourado e Rubiães

 

O candidato para mais quatro anos na liderança autárquica, recorda que com a adesão às Águas do Alto Minho, uma empresa do universo das Águas de Portugal e não qualquer entidade privada, “está a ser possível construir as condutas de água para a fábrica de vacinas, bem como o investimento na conclusão da rede de saneamento básico das freguesias de Cossourado e Rubiães, assim como a respetiva ETAR”, explicou Vitor Paulo Pereira, acrescentando que a expansão da rede segue para Cunha, Castanheira e Vascões.

Um investimento de muitos milhões que não seria possível sem a adesão às Águas do Alto Minho, pelo que até ironizou com a argumentação da oposição que recentemente colocou umas lonas na via pública. “Só que as faturas que apresentam não são de consumidores de Paredes de Coura”, contrapôs.

 

Iluminação LED, fibra ótica, ligação à A3 e fábrica de vacinas

 

Esclarecida a questão da água, o candidato socialista explicou que só com o muito trabalho do seu executivo foi possível significativas conquistas, como a iluminação LED, a fibra ótica, a ligação à autoestrada A3 e a fábrica de vacinas. “Tudo isto deve-se a muito trabalho”, salientou Vitor Paulo Pereira, anunciando que “não demorará muito tempo e também teremos gás natural nas vossas casas, que sairá da rede capilar da artéria que passa em Linhares”.

Perante uma plateia ávida de novas perspetivas, apesar do muito que Paredes de Coura conquistou nos últimos 8 anos, o autarca socialista explicou que a sua equipa não se limitou “a gerir COVID. Captámos investimento, para criar mais emprego qualificado, apostando também na diversificação das áreas de atividade e com empresas que tragam orgulho”. Mas acima de tudo, o candidato do Partido Socialista também está apostado em “resolver os pequenos problemas das pessoas”. E deu como exemplo as mercearias de aldeia, que tanto se identificam com os pequenos núcleos populacionais e que tantas vezes são dos únicos espaços que os liga à comunidade.

 

 

Veja as fotos [créditos: FB Vitor Paulo Pereira Autárquicas 2021]

 

 

 

Descentralizar a cultura por todas as aldeias

 

Já no plano cultural, Vitor Paulo Pereira fez a promessa da que alguma programação cultural vai para São Martinho, Vascões, Padornelo e todas as outras freguesias. A palavra de ordem é descentralizar, que só não aconteceu este verão com o Ciclo de Polinização Musical, dedicado à música tradicional, clássica e jazz, devido às restrições ditadas pela pandemia. “Vamos criar amor não só pela vila, mas também pelas nossas lindas aldeias”, prometeu.

Com base neste orgulho e amor que as populações sentem pelo seu território, Vitor Paulo Pereira exemplificou com o percurso partilhado que vai ser criado junto ao rio desde a nascente do Coura até São Martinho.

Enquanto Tiago Cunha enumerou as “potencialidades de São Martinho”, recordando que ainda bem recentemente o escritor Valter Hugo Mãe numa das suas crónicas na revista Notícias Magazine caracterizava a ladeira junto ao rio Coura como “Beleza Pura”. O vice-presidente da Câmara não só explicou que aquela “enorme riqueza” se estende à água e aos moinhos, como deixou a firme promessa que este executivo tudo fará “para garantir que o lítio não nos afete”.

 

Habitação a custos controlados

 

Nestes encontros com os courenses de todas as freguesias, Maria José Moreira, que tem emprestado todo o seu trabalho às questões da educação e ação social, recordou que têm trabalhado todos muito todos os dias “para que o sonho se concretize, para que as nossas crianças também sejam adultos bem sucedidos”.

Já Vitor Silva apontou que o que lhes move “é a extrema ambição para que esta terra não fique esquecida. Estamos a erguer aqui na província algo de inovador. Quando dizemos que Coura é sonho, pretendemos dizer que ainda vamos trabalhar mais”, apontando como exemplo o que está a ser feito ao nível da habitação, com o financiamento e reconstrução de quase 80 habitações, mas também a construção de 27 apartamentos a custos controlados para jovens que se queiram fixar em Paredes de Coura ou até as 50 habitações para arrendar a casais novos e com algumas dificuldades.

Acima de tudo, esta candidatura autárquica do PS tem por objetivo “sonhar com o desenvolvimento do concelho, em que todos possam viver em ótimas condições”, resumiu o candidato à Assembleia Municipal José Augusto Pacheco, enquanto Moisés Barbosa Vaz, da União de Freguesias de Insalde e Porreiras recordava que “há 4 anos nenhuma Junta tinha o COVID como objetivo. Tivemos que aviar receitas, comprar medicação. Tudo fizemos para os proteger e quando veio a vacinação, também ninguém ficou para trás. Sempre tivemos como prioridade as pessoas”, concluiu.

 

PUB

Tópicos:

#Autárquicas 2021

Últimas