PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

1

Monção

Alvarinho é hoje uma “locomotiva” (mas ainda falta uma ‘peça’)

30 Junho, 2023 - 12:40

3433

2

Feira do Alvarinho.

“Somos a locomotiva que está a puxar por outras regiões do vinho verde. Crescemos em produção. Em volume de negócio. Na exportação”.

 

As palavras foram proferidas pelo Presidente da Câmara, António Barbosa, esta sexta-feira, durante a cerimónia de abertura da Feira do Alvarinho de Monção, que vai prolongar-se até domingo, no Parque das Caldas.

 

Pragmático, o autarca pautou o seu discurso pelo anseio e pela importância da criação da Denominação de Origem (DO) do Vinho Alvarinho.

 

“Com o selo de origem própria da sub-região Monção&Melgaço, demos um passo importante na afirmação dos nossos produtos vínicos, garantindo-lhes maior capacidade de inserção no mercado nacional e internacional”, considerou.

 

Mas não é suficiente. O Presidente reivindica mais legislação.

 

“Temos de continuar a trabalhar este caminho de sucesso com a criação de uma Denominação de Origem do Vinho Alvarinho”, defende.

 

“Acredito que o futuro passa pela conquista deste estatuto”, referiu Barbosa, enaltecendo o “peso de Monção e Melgaço no contexto vinícola nacional e internacional”.

 

Ganham-se hectares. Somam-se prémios.

 

“O mercado diz-nos, merecidamente, que o vinho alvarinho é hoje a expressão mais sublime do vinho branco. Falta-nos a Denominação de Origem e não vamos parar até conseguirmos”, assegurou Barbosa.

 

A Feira do Alvarinho de Monção prolonga-se até domingo.

 

 

PROGRAMA

 

Sexta-feira, 30 de junho

Já arrancou a Feira do Alvarinho de Monção

 

Vários momentos de música ao vivo. A partir das 18h30 há atuação de grupos folclóricos.

 

Noite dentro, são os DJ’s da terra aos comandos da mesa de mistura.

 

 

 

Sábado, 1 de julho

A partir das 11h30, haverá momentos gastronómicos. Muita música ao vivo, dentro e fora da tenda.

 

Durante a tarde, há passeio de BTT. Na tenda, harmonias de Alvarinho. Mais ao final da tarde, pelas 17h00, são os grupos folclóricos a abrilhantar a festa.

 

Noite dentro, novamente os DJ’s da terra aos comandos da mesa de mistura.

 

 

 

Domingo, 2 de julho

É um dos dias mais aguardados da Feira. É neste dia que vai acontecer o tão esperado regresso dos Xutos&Pontapés a Monção, 14 anos depois da última atuação neste concelho.

 

As portas abrem às 11h00. Muita música, provas gastronómicas e harmonias de Alvarinho durante o dia.

 

Para as 18h00 está então marcado o concerto dos Xutos, no palco Goldenergy. A entrada é gratuita.

 

Mas a feira não acaba aqui.

 

O último dia vai estender-se até ao final da noite com um Wine Sunset. O encerramento está previsto para as 22h00.

 

 

Veja todo o programa ao detalhe AQUI [clique para abrir]

 

 

Últimas