PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Caminha

Alto Minho: Este é o concelho com maior percentagem de saneamento ligada a habitações

4 Agosto, 2022 - 10:31

575

0

Saneamento.

Caminha é o Município do Alto Minho que tem maior percentagem de rede de saneamento ligada a habitações, com 82%. Os dados foram divulgados esta quinta-feira pelo próprio Município, assegurado que o objetivo é atingir os 90% até final deste mandato.

 

Para alcançar essa meta, está “a ser desenvolvido um intenso trabalho com a empresa Águas do Alto Minho, com obras já no terreno em várias freguesias, no valor de mais de três milhões de euros, e um concurso internacional a decorrer, que implicará mais um investimento superior aos 650 mil euros”.

 

Há uma frente de obra nas áreas do abastecimento de água e redes de saneamento em várias freguesias do concelho. São os casos de Moledo e Cristelo, Âncora, Azevedo e Venade e Vilar de Mouros; que no conjunto envolvem um investimento superior aos três milhões de euros.

 

Com estas obras há também a pavimentação e requalificação de ruas e estradas que receberam as condutas.

 

Trata-se de um investimento concreto, “que está a acontecer, que está no terreno. Este é um investimento nas pessoas e no nosso meio ambiente. É assim que cumprimos com a nossa população e esse cumprimento honra também as promessas que fomos fazendo ao longo dos anos”, apontou o presidente da Câmara, Miguel Alves.

 

Acrescenta o presidente da Câmara que são intervenções “muito desejadas”, mas que, quando passam à fase de obra, causam transtornos, e uma vez terminadas ficam escondidas.

 

“Mas são fundamentais para dar sustentabilidade ao nosso território, para dar qualidade de vida às pessoas e para dotar o concelho de mais condições para atrair turistas, visitantes e investimento”, salienta.

 

Em alguns casos são decisões políticas, que não olham ao tamanho das freguesias ou à população, como foi o caso de Azevedo, que até agora nunca teve saneamento. “Para nós, uma pessoa, duas, qualquer população, mesmo que a freguesia seja pequena, tem os mesmos direitos e o nosso esforço é para lhe dar as mesmas condições, mas melhores que conseguirmos”, sublinha Miguel Alves.

 

Entretanto, decorre já um concurso público internacional para a execução da Empreitada de Expansão da Rede de Drenagem de Águas Residuais, no Município de Caminha. A execução deste projeto garante a expansão da rede de águas residuais nas freguesias de Seixas, Vilarelho, Venade, Vile e Vila Praia de Âncora, através da construção de 4,1 km de redes de drenagem de águas residuais e 4 estações elevatórias, servindo cerca de 552 habitantes / 158 alojamentos.

 

O preço base do concurso é de cerca de 650 mil euros e vai beneficiar diretamente as freguesias de Seixas, Venade e Azevedo, Caminha e Vilarelho, Vile e Vila Praia de Âncora.

 

“Com a execução desta empreitada estaremos a dotar as populações abrangidas com uma melhoria da qualidade de vida e a salvaguardar o meio ambiente ao garantir que as águas residuais recebem o devido tratamento antes de serem devolvidas ao meio hídrico”, considera a edilidade.

 

Refira-se ainda que decorrem no Município outros investimentos no âmbito da eficiência hídrica, componente de remodelação de redes e instalação de equipamentos de monitorização e controlo.

 

 

 

[Fotografia: Arquivo/A Terceira Dimensão]

Últimas