Menu

0

0

Melgaço

Festa do Espumante

26 Novembro, 2021
18:00
Melgaço

O certame pretende valorizar os produtos locais

A Festa do Espumante está de volta. A confirmação foi dada à Rádio Vale do Minho pelo presidente da Câmara de Melgaço. O certame, recorde-se, foi suspenso no ano passado devido à pandemia da COVID-19. Dois anos depois, aquele que é já um evento de marca do concelho deverá voltar para grande alegria dos aficionados do Alvarinho.

“Estamos a prepará-la. Acredito que existem já condições para retomar o modelo que tivemos até 2019. A não ser que exista algum contratempo maior, teremos já uma Festa do Espumante praticamente normal mas respeitando sempre todas as normas da Direção-Geral da Saúde que poderão na altura estar ainda em vigor”, adiantou Manoel Batista.

O evento deverá, como tem sido habitual, realizar-se em novembro. As datas ainda não são conhecidas. Em 2019, a Festa do Espumante de Melgaço registou, durante os três dias, uma afluência a rondar os 9 mil visitantes. Um recorde absoluto.

Outro dos pontos mais positivos e que marcou, indubitavelmente, a edição desse ano foi o formato diferente da tenda. Uma transparência cristalina que deslumbrou praticamente todos os visitantes e que mereceu incontáveis elogios. 

Surgida em 2015, a Festa do Espumante começou por realizar-se no Largo Hermenegildo Solheiro, e logo aí arrebatou um enorme êxito. Dados da empresa responsável pela produção registaram casa cheia todos os dias, com um total de 4.000 a 4.500 visitantes. Desde então foi sempre a subir. E a ascensão tornou-se mais notória com a mudança de casa para o Largo do Mercado.

Desde a primeira edição que a Festa do Espumante tem contribuído para a afirmação da identidade de Monção&Melgaço como território vínico de excelência, fruto de condições naturais e humanas singulares: solo, microclima e saber-fazer.

“A Festa do Espumante foi uma aposta arriscada, mas hoje o certame já se afirmou. E prova disso são os números: em 2019 tivemos cerca de 9 mil visitantes. É uma montra privilegiada para o nosso Alvarinho e para a gastronomia regional. Não tenho dúvidas, nenhumas, de que é uma aposta ganha”, concluiu Manoel Batista.

O certame pretende valorizar os produtos locais e a imagem do concelho através de uma oferta turística integrada onde o enoturismo, o turismo rural, os desportos aventura, o património cultural e paisagístico, a hotelaria e restauração constituem fatores dinamizadores para o Destino de Natureza Mais Radical de Portugal.

A entrada é livre e o acesso às provas de espumantes faz-se mediante a aquisição do copo oficial num valor praticamente simbólico.

Este evento é uma organização do Município de Melgaço com produção da EV-Essência do Vinho.

Últimas