PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Valença

Valença desenvolve Plano de Desenvolvimento Agrário

21 Junho, 2024 - 09:20

101

0

Nesta fase, decorre um diagnóstico participativo do território com visitas técnicas a cada uma das freguesias do concelho.

A Câmara Municipal de Valença está a desenvolver um Plano de Desenvolvimento Agrário para a potencialização das atividades económicas primárias do concelho.

 

“Criar um plano pró-ativo para o desenvolvimento do território valenciano com linhas orientadoras estratégicas setorizadas, com uma linha temporal entre 2024 e 2029” é o objetivo do Município com esta ação.

 

Nesta fase, decorre um diagnóstico participativo do território com visitas técnicas a cada uma das freguesias do concelho, com levantamento e caraterização das suas dinâmicas rurais, envolvendo técnicos municipais, juntas de freguesia, empresários locais e técnicos de uma consultora externa.

 

As sessões públicas estão a decorrer desde 18 de junho. Vão prolongar-se até 4 de julho.

 

O calendário destas ações é o seguinte:

18 de Junho

Junta de Freguesia de Valença

Juntas de freguesia envolvidas: U.F. de Valença, Cristelo-Covo e Arão e U.F de Gandra a Taião.

 

20 de junho

Junta de Freguesia de Gondomil

Juntas de freguesia envolvidas: U.F de Gondomil e Sanfins e Junta de Freguesia de Boivão.

 

25 de junho

Junta de Freguesia Verdoejo

Juntas de freguesia envolvidas: Junta de Freguesia de Ganfei, Junta de Freguesia de Friestas e Junta de Freguesia de Verdoejo.

 

27 de junho

Junta de Freguesia de Cerdal

Juntas de freguesia envolvidas: Junta de Freguesia de Cerdal

 

3 de julho

Junta de Freguesia de S. Pedro Torre

Juntas de freguesia envolvidas: Junta de Freguesia de S. Pedro Torre

 

4 de julho

Junta de Freguesia de Fontoura

Juntas de freguesia envolvidas: Junta de Freguesia de Fontoura, U.F. de Freguesia de São Julião e Silva.

 

“Com este plano a Câmara Municipal pretende promover uma economia de base rural como alavanca para o desenvolvimento integrado do território, identificando em todas as freguesias os recursos e os potenciais endógenos assentes nas atividades económicas e dinâmicas agrícola, florestal, agroalimentar e rural”, explica a autarquia.

 

“Pretende-se, também, criar dinâmicas favorecedoras de novas oportunidades aliando produtos e serviços tradicionais a novas visões e necessidades de mercado, assim como favorecer a cooperação e o trabalho em rede entre agricultores e outros atores rurais, autarquia, setor privado e sociedade civil, fomentando sinergias para o desenvolvimento rural de Valença”, acrescenta.

 

O plano está a ser desenvolvido com o apoio técnico de uma consultora especializada no desenvolvimento agrário.

 

 

 

[Fotografia: Município Valença]

Últimas