PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

0

0

Destaques
Monção

Monção: Cambeses inaugurou obras de requalificação do Adro e do Cemitério

8 Agosto, 2021 - 15:38

81

0

PUB Este domingo foi dia de festa em Cambeses. Com a ajuda de S. Pedro e ao som dos bombos, foram inauguradas as obras de requalificação urbanística do Adro e […]

PUB

Este domingo foi dia de festa em Cambeses. Com a ajuda de S. Pedro e ao som dos bombos, foram inauguradas as obras de requalificação urbanística do Adro e do Cemitério Paroquial.

Recorde-se que o novo adro foi dado como concluído em novembro do ano passado. No entanto, a fase mais gravosa da pandemia da COVID-19, impossibilitou quaisquer festas ou ajuntamentos. Nas redes sociais não faltaram elogios à nova obra e este domingo voltaram a repetir-se. Desta vez ao vivo, com a presidente da Junta, Catarina Lourenço, e a Fábrica da Igreja a receberem as felicitações dos populares.

O projeto, recorde-se, foi elaborado pela Junta de Freguesia e pela Fábrica da Igreja sendo financiado pela direção geral das autarquias locais em 50% apenas na requalificação do Adro. Posteriormente a Junta decidiu avançar para a requalificação do cemitério paroquial reforçando o investimento em mais 17.000 euros.

Contas feitas, foi um investimento global de 91.000 euros “que veio embelezar toda a envolvente da igreja paroquial e dar a dignidade que há muito tempo merecíamos”, disse a presidente da Junta, Catarina Lourenço, à Rádio Vale do Minho.

“Foi um longo e difícil trabalho de dedicação e empenho, conseguir aprovar o financiamento exigiu uma forte ligação institucional capaz de demonstrar ás entidades competentes que era urgente e que tínhamos conseguido uma base de entendimento e parceria solida para o efeito”, recordou a autarca socialista.

“Só foi possível pela determinação pelo rigor e pela colaboração do pároco André Filipe, hoje celebramos e colhemos os frutos desta união, Cambeses pode orgulhar-se do espaço que construímos. Este é o momento de nos abraçarmos em comunidade, de olharmos para cada um de nós e dizermos conseguimos”, prosseguiu com um sorriso.

 

 

Veja a galeria de fotos [créditos: JF Cambeses]

 

 

De um branco imaculado com o brasão da freguesia, a bandeira caiu e a placa evocativa foi descerrada com aplausos. O contentamento no rosto da autarca socialista era contagiante.

“Hoje temos um novo espaço para celebrar a vida mas também um espaço renovado para homenagear e lembrar quem parte”, considera Catarina Lourenço.

A presidente da Junta reforçou ainda que “não podemos deixar de aproveitar os fundos comunitários e o Plano de Recuperação e Resiliência [PRR].

“Hoje encerramos um capitulo da recuperação do nosso património religioso exterior, mas já amanha iniciaremos um conjunto de ações que no curto prazo nos trarão mais investimento na recuperação do nosso património religioso interior”, gizou a autarca já a pensar nos próximos quatro anos.

“Conseguimos o mais difícil, sensibilizar as entidades governativas que Cambeses tem um lugar importante na nossa história e que a nossa realidade e merecedora de investimento publico de qualidade. Não somos mais do que ninguém, mas seremos sempre especiais nos olhos dos outros”, prosseguiu Catarina Lourenço.

“Estamos muito orgulhosos do que conseguimos. Pela primeira vez foi possível demonstrar á nossa comunidade que é possível e que não era apenas um sonho ou uma simples promessa de cariz eleitoral”, concluiu.

E Roscas de Monção? Não faltaram e houve com fartura, pois claro.

 

 

PUB

 

 

Últimas