Home Destaques Vítor Paulo Pereira: “Estamos a desenvolver uma estratégia de diplomacia afetiva”