PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

1

Viana do Castelo

Viana presta homenagem em azulejo aos que foram ao mar… mas não voltaram

7 Novembro, 2022 - 18:23

208

0

“Esta pegada trágica faz parte do nosso coletivo e devemos reconhecê-la para sempre”, disse Luís Nobre.

Foi inaugurado em Viana do Castelo um painel em “Homenagem da Cidade às Vítimas dos Naufrágios no Mar de Viana”.

 

A obra tem 5,70 metros de comprimento por 2,60 metros de altura.

 

Baseia-se numa pintura da autoria de Cipriano Oquiniame e indica, no rodapé, as embarcações, nomes dos náufragos e datas dos naufrágios. O município apoiou a União de Freguesias de Viana do Castelo (Santa Maria Maior e Monserrate) e Meadela com uma verba de 3.500 euros para a concretização desta obra, atendendo à relevância cultural do projeto para a memória coletiva dos vianenses.

 

O painel está instalado na parede do edifício da Vianapesca OP, na ribeira vianense.

 

Na cerimónia, o Presidente da Câmara de Viana do Castelo, Luís Nobre, destacou “a resiliência dos pescadores e das gentes do mar, que tiveram de ultrapassar momentos muito dolorosos”, reconhecendo a importância desta iniciativa da União de Freguesias e assegurando que a comunidade local “tem dado o exemplo ao longo da história”, afirmando que as famílias da Ribeira de Viana “têm enriquecido” Viana do Castelo.

 

“Esta pegada trágica faz parte do nosso coletivo e devemos reconhecê-la para sempre porque faz parte da nossa identidade e marca a nossa profundidade”, declarou Luís Nobre, acrescentando que “este monumento é uma forma significativa de reconhecer de forma contínua a importância destes acontecimentos”.

 

“Toda a história da Ribeira, todo o vosso labor, a vossa luta, as vossas histórias de vida e histórias familiares merecem este reconhecimento e merecem que nos associemos nesta homenagem que ficará para sempre”, frisou.

 

[Fotografia: Município Viana do Castelo]

Últimas