Menu

0

0

Destaques
Eurocidade Valença/Tui

Valença/Tui: Festival de Teclados da Eurocidade realiza-se entre 2 e 10 de outubro

20 Setembro, 2020 - 18:58

3

0

PUB O IKFEM – International Keyboard Festival & Masterclasse da Eurocidade Valença/Tui regressa de 2 a 11 de outubro com uma edição adaptada à nova realidade imposta pela pandemia da […]

PUB

O IKFEM – International Keyboard Festival & Masterclasse da Eurocidade Valença/Tui regressa de 2 a 11 de outubro com uma edição adaptada à nova realidade imposta pela pandemia da COVID-19.

Partindo dos instrumentos de teclados, o IKFEM apresenta propostas culturais com forte carácter transfronteiriço e algumas novidades.

cantora de ópera Ainhoa Arteta, uma voz imprescindível da actualidade, é a primeira confirmação da 8.ª edição do IKFEM. Dia 7 de Outubro, às 20h00 (hora portuguesa), a partir do Teatro Municipal de Tui, a soprano vasca vai apresentar o recital Canciones del Recuerdo, acompanhada ao piano por Javier Carmena.

Uma viagem onde vai revisitar grandes autores do repertório espanhol como Enrique Granados, Antón García Abril e Ernesto Halffter, e os argentinos Carlos Guastavino e Ariel Ramírez.

Vestida por Agatha Ruiz de la Prada – que no ano passado participou no IKFEM com um desfile na Ponte Internacional – Ainhoa Arteta carrega emoção e muita experiência que já a levaram às melhores salas de espectáculo em todo o mundo, e à Casa Branca em Washington.

Os bilhetes já estão à venda, mas dada a lotação reduzida da plateia – por questões de segurança – será possível acompanhar o recital, de forma gratuita, através do canal Afundación TV.

 

Concertos presenciais e digitais

Mas há mais novidades. Ao longo de 10 dias, a edição mais longa de sempre, vão realizar-se concertos presenciais mas também digitais, com espaço para as histórias pessoais dos músicos portugueses e espanhóis.

Com o intuito de sensibilizar o público para a realidade do sector e apoiar o regresso à actividade cultural da euroregião, o IKFEM cria um espaço onde os músicos podem partilhar o seu trabalho.

IKFEM Digital, que surge na programação do festival como solução para a realidade que vivemos, foi criado em parceria com a Afundación, obra social do ABANCA, com o objectivo de dar oportunidade aos músicos profissionais, de qualquer estilo, de partilhar o seu trabalho e a sua história na luta contra o coronavírus.

Para participar, os interessados devem gravar um vídeo com 10 minutos de duração máxima, onde contem a sua história e interpretem um tema.

Os vídeos dever ser submetidos em www.ikfem.com até 24 de setembro. Os solistas ou grupos seleccionados terão a oportunidade de apresentar um concerto de 60 minutos no IKFEM, via streaming no canal Afundación TV, e recebem um cachet de 500 euros.

Nos próximos dias será divulgada a restante programação da 8.ª edição do IKFEM, festival que tem vindo a fortalecer as sinergias entre a cultura portuguesa e espanhola, dando palco a diferentes estilos de música e talentos da euroregião.

Os concertos presenciais darão a conhecer o património cultural das duas margens do Rio Minho, entre o sudoeste da Galiza e o norte de Portugal.

Andrea González, fundadora e directora de IKFEM, realça o esforço da Eurocidade Valença-Tui, e dos patrocinadores, em renovar o seu compromisso com o festival e a cultura apesar das circunstâncias difíceis que vivemos.

[Fotografia: Arquivo / IKFEM 2018]

 

PUB

 

 

Últimas