PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Valença

Valença: Cerca de 100 pessoas caminharam para ver gravuras rupestres

25 Maio, 2022 - 11:32

814

0

Verdoejo, Aldeia Rupestre.

Cerca de uma centena de pessoas participaram no passado domingo na caminhada intitulada Verdoejo, Aldeia Rupestre, organizada pela Associação Desportiva Verdoejense.

A caminhada, com cerca de 5 km, deu a conhecer várias gravuras rupestres que foram devidamente enquadradas com a colaboração de um dos mais prestigiados conhecedores a nível mundial, D. Pablo Novoa Álvarez, e que, juntamente com a Isilda Salvador, partilharam com os presentes, o seu vasto conhecimento na matéria.

Já no final da caminhada, e dentro do salão de S. Tomé, foram apresentadas ainda, outras gravuras rupestres localizadas na freguesia de Verdoejo e com a particularidade de terem sido fotografadas durante a noite com recurso à projecção lateral de uma luz, o que permite, com o efeito de sombras, uma melhor percepção da gravura.

D. Pablo fez uma breve exposição do seu portfólio que enriqueceram o conhecimento da centena de participantes presentes no salão.

Foi entregue uma lembrança, por parte da organização, às entidades convidadas (Junta de Freguesia de Verdoejo,  Junta de Freguesia de Ganfei, Associação Cultural de Verdoejo, Valmese Seguros e Câmara Municipal de Valença) bem como aos guias desta caminhada, Isilda Salvador, Leila Hernandez e D. Pablo Novoa Álvarez.

O presidente da Câmara Municipal de Valença, José Manuel Carpinteira, felicitou a Associação Desportiva Verdoejense pela pertinência desta iniciativa, tendo em vista a valorização e a preservação do vasto conjunto de afloramentos de arte rupestre, existentes na freguesia de Verdoejo.

“A inventariação, divulgação e proteção do nosso património cultural é um desígnio da autarquia, pelo que trabalharemos com as respectivas juntas de freguesia na classificação deste que é um dos principais espólios de arte rupestre do Noroeste Peninsular”, realçou Carpinteira,

Por sua vez o presidente da Associação Desportiva Verdoejense, André Fernandes, manifestou a vontade de desenvolver “novas atividades que permitam continuar a promover e a divulgar o nosso património histórico através da prática do exercício físico”.

Agradeceu às entidades que apoiaram esta iniciativa, Câmara Municipal de Valença, Junta de Freguesia de Verdoejo e Valmese Seguros bem como aos guias que “foram, sem dúvida alguma, o garante do sucesso desta atividade. Por fim, destacou a enorme adesão da população à atividade e agradeceu a todos os que estiveram envolvidos na organização desta caminhada”.

[Fotografias: cedidas à Rádio Vale do Minho]

Últimas