PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

1

0

Valença

Valença: Bombeiros conseguem novos Equipamentos de Proteção sem ajuda de “verbas públicas”

27 Setembro, 2022 - 01:28

1002

0

Investimento total a rondar os 71 mil euros.

Os Bombeiros de Valença já têm novos Equipamentos de Proteção Individual a incêndios estruturais. No total são 35 e foram entregues aos elementos que compõem o quadro ativo pela Comissão de Angariação de Fundos daquela corporação.

 

O momento foi o culminar de uma iniciativa de quatro bombeiros do corpo ativo. Os anteriores equipamentos “contavam com mais de 20 anos de uso, não garantindo a segurança dos operacionais no terreno”, explicou a corporação à Rádio Vale do Minho.

 

Rapidamente o movimento despertou o “interesse e a vontade de todos, do mais velho ao mais novo do quartel”.

 

“Foi uma iniciativa encabeçada pela comissão de angariação de fundos, mas que teve o contributo e ajuda de todos, desde o primeiro momento”, disse Luís Ferreira, Bombeiro de 1ª e elemento mais graduado da Comissão.

 

Com esforço, dedicação, persistência e graças à boa vontade de muitos, a meta foi alcançada. Cada equipamento é constituído por capacete, cógula, casaco e calça, botas, luvas e lanterna.

 

Em números, cada conjunto “teve um custo aproximado de 2.000 euros por bombeiro, num investimento total a rondar os 71 mil euros, valor angariado por diversas iniciativas dos Bombeiros e da Direção da Associação Humanitária, donativos anónimos e de empresas beneméritas”, referem os Bombeiros de Valença.

 

 

 

Abel Guerreiro: Gesto “deve ser louvado pela vontade demonstrada”

Em cerimónia interna realizada no quartel, o Presidente da Direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Valença (AHBVV), Abel Guerreiro, mostrou-se orgulhoso pelo feito conseguido pelos soldados da paz valencianos.

 

Um gesto que “deve ser louvado pela vontade demonstrada por todos em contribuir para que fosse possível” . “Os Bombeiros, empresas e todos os que contribuíram para esta cerimónia, estão de parabéns”, enalteceu.

 

Abel Guerreiro reforçou ainda no seu discurso que estes equipamentos “essenciais para a qualidade e segurança do socorro prestado pelos bombeiros e bombeiras” foram adquiridos “sem quaisquer verbas públicas” e “num período muito difícil, que foi o durante e pós-pandemia COVID19”.

 

 

Veja a galeria de fotos da cerimónia [créditos: BV Valença]

 

 

 

Vereador da Proteção Civil orgulhoso da corporação

Também presente na cerimónia esteve o Vereador responsável pela Proteção Civil na Câmara Municipal de Valença, Arlindo Sousa, que congratulou todo o corpo de bombeiros pela iniciativa. 

 

“Agora estão mais protegidos para fazer frente às missões que enfrentam todos os dias”, referiu o autarca com visível felicidade salientando a importância da segurança dos bombeiros no socorro aos valencianos.

 

Entre as individualidades presentes, esteve também o Presidente da União de Freguesias de Valença, Cristelo Covo e Arão, Diogo Mota Silva, que também fez parte dos quadros do Corpo de Bombeiros. 

 

O autarca enalteceu o esforço dos antigos colegas. “Não é um objetivo fácil de atingir pelo elevado valor dos equipamentos”, frisou o Presidente da Junta, realçando que a União de Freguesias e todo o concelho estão “gratos pelo serviço que as Bombeiras e Bombeiros deste quartel prestam á Comunidade diariamente”.

 

Recorde-se que os Bombeiros Voluntários de Valença festejaram no passado fim de semana 103 anos de existência. Uma cerimónia marcada pela garantia deixada pelo Presidente da Câmara, José Manuel Carpinteira, assegurando que o Município  “apoiará financeira, técnica e administrativamente a Associação dos Bombeiros Voluntários de Valença na legalização do seu quartel-sede”.

 

Atualmente, a corporação apresenta um corpo ativo de 35 operacionais. Armindo Marques é o comandante em funções.

 

 

[Fotografia capa: BV Valença]

Últimas