PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Alto Minho

Trabalhos de implementação do MINHO IN em marcha

2 Abril, 2010 - 11:41

117

0

Os trabalhos para a implementação da estratégia do projecto MINHO IN já arrancaram nesta quinta-feira. A decisão decorreu na sequência da reunião formal do consórcio realizado no mesmo dia.

Os trabalhos para a implementação da estratégia do projecto MINHO IN já arrancaram nesta quinta-feira. A decisão decorreu na sequência da reunião formal do consórcio realizado no mesmo dia, depois do encontro de 26 de Março, com a Autoridade de Gestão do ON.2 e que, na altura, serviu para estabilizar o processo de dinamização, acompanhamento e avaliação da Estratégia de Eficiência Colectiva PROVERE MINHO IN.
Segundo um comunicado enviado às redacções, esta última reunião, que contou com a presença de representantes das Comunidades Intermunicipais do Minho-Lima, Ave e Cávado, teve como objectivo avaliar o ponto de situação do projecto e delinear os passos seguintes.
Neste sentido, durante o este mês serão realizadas diversas reuniões com os diferentes promotores públicos e privados envolvidos nos projectos âncora, avaliados em cerca de 13 milhões de euros, nomeadamente: o Golfe Minho IN, Solares Aldeias e Jardins, Reforço da Governação, Infra-Estruturas e de Animação da Rota dos Vinhos Verdes, Produto Turismo Natureza, Artes e Produtos Tradicionais, Novos Negócios da Terra; Saúde e Bem-estar, Competitividade e Empreendedorismo em Baixa Densidade e Minho IN-Rede de Promoção.
Estão, também, incluídos nesta estratégia um conjunto alargado de projectos e acções complementares, na sua maioria de natureza privada.
Esta estratégia, desencadeada pela decisão das três Comunidades Intermunicipais de submeterem uma candidatura ao Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos (PROVERE), foi apresentada em Ponte de Lima, no dia 10 de Setembro de 2009, depois de ter sido aprovada pelo Governo a 29 de Julho.
De facto, é a primeira vez, na história recente, que o Minho se junta numa iniciativa ímpar, envolvendo além das comunidades intermunicipais, a Entidade Regional de Turismo Porto e Norte de Portugal, as associações de desenvolvimento local (ADRIL, ADRIMINHO, ATAHCA, Sol Ave e PROBASTO) e centenas de promotores privados, que se constituíram em consórcio, com o objectivo de promover uma EEC em prol do desenvolvimento integrado da região.
Liderada pela CIM Alto Minho, a gestão da parceria do projecto Minho IN será feita por uma equipa técnica, que terá como coordenador executivo Francisco Calheiros, presidente da ADRIL, sendo a sua sede no edifício Villa Moraes, em Ponte de Lima. 

Últimas