Menu

+

0

0

País

Sondagem: Se as legislativas fossem hoje quem ganhava?

23 Janeiro, 2024 - 09:26

353

0

Há maioria de votos à direita, mas para governar precisaria do apoio do Chega.

O PS está à frente da Aliança Democrática (AD) nas intenções de voto dos portugueses para as eleições de 10 de março, segundo o barómetro de janeiro da Intercampus para o Correio da Manhã e Jornal de Negócios.

 

Mais de um quarto dos inquiridos (26,4%) admite votar nos socialistas, enquanto 20,8% ponderam votar na coligação formada pelo PSD, CDS e PPM, que tem um resultado inferior ao que o PSD (22,5%) conseguia sozinho no barómetro de dezembro.

 

Com a Iniciativa Liberal a crescer ligeiramente, chegando aos 5,4%, os dados apontam para uma maioria de votos da direita (42,8%), embora para governar precisaria do apoio do Chega, que é o preferido de 16,6% das pessoas inquiridas. Há ainda 14,5% de indecisos, mas quase todos (95%) garantem ir votar.

 

Os partidos de esquerda, por sua vez, reúnem 41,2% das intenções de voto na nova sondagem.

 

O Bloco de Esquerda quase duplicaria os votos em relação às últimas legislativas, passando de 4,4% para 7,4%, e a CDU desce 0,4 pontos percentuais e fica abaixo dos 4%. Entre os partidos com deputado único no Parlamento, o Livre repete o resultado de 1,3% e o PAN sobe para 2,2%.

 

Esta sondagem foi realizada antes da convenção da AD, entre 16 e 20 de janeiro, junto de uma amostra constituída por 637 entrevistas a pessoas com 18 ou mais anos e eleitoralmente recenseadas, residentes em Portugal continental.

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Últimas