Menu

0

0

Destaques
Eurocidade Valença/Tui
Galiza

Santiago: Caminho Português (sem portugueses) bate no fundo – Apenas SEIS peregrinos

8 Abril, 2021 - 17:20

2

0

PUB Há quase 20 anos que os galegos não viam um cenário tão desolador. No entanto, em 1993 a situação era outra. O Caminho Português de Santiago ainda dava os […]

PUB

Há quase 20 anos que os galegos não viam um cenário tão desolador. No entanto, em 1993 a situação era outra. O Caminho Português de Santiago ainda dava os primeiros passos, estava a ganhar projeção e depressa viria a ser catapultado para o êxito.

A situação atual é diferente. Pior ficou durante a Semana Santa. Do lado de lá do rio Minho, conta o jornal La Voz de Galicia, muitos albergues nem sequer abriram portas. Total? Apenas seis peregrinos contabilizados neste período.

“Isto está muito mal. Na segunda-feira foram registados dois, uma rapariga acompanhada de um rapaz alemão, penso que de Colónia. Depois mais um grupo de quatro vindos de Vigo e de Cangas”, contou àquele jornal o presidente da Associação Amigos do Caminho Português, Celestino Lores, em tom visivelmente preocupado.

Com o fecho de fronteiras, a diminuição do número de peregrinos foi drástica. Para não dizer brutal, visto que muitos vindos de fora da Península Ibérica aterravam em Portugal no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto e iniciavam o trajeto por cá.

“Isto lembra-me o ano de 1993, em que vinham apenas duas ou três pessoas. Até que se abram as fronteiras, não podemos fazer nada. E os portugueses são os que mais vontade têm de voltar”, assegurou o responsável.

De um dia para o outro, tudo mudou. De repente, já não há peregrinos nem do Brasil, nem da Coreia do Sul, nem do Canadá e muito menos dos Estados Unidos da América. Ninguém chega.

“Isto é muito triste”, desabafou Celestino Lores.

 

 

Eurocidade Valença/Tui batia recordes antes da pandemia

 

 

Antes da chegada da pandemia da COVID-19 a Portugal, a eurocidade Valença/Tui batia recordes todos os anos em peregrinos. Os últimos dados, de janeiro de 2020, referem que  88.310 peregrinos passaram ou começaram esta peregrinação naquela eurocidade durante o ano de 2019. Este número crescia consecutivamente desde 2014, ano em que rondava os 35.494.

 

[Fotografia: Arquivo / DR]

 

PUB

 

Últimas