PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Ponte da Barca

Ponte da Barca vai ter um novo espaço… para toda a população

9 Junho, 2022 - 11:47

293

0

“Visa contribuir para o reforço da vivência digital”.

Ponte da Barca vai ter uma Casa do Conhecimento. O anúncio foi feito esta quinta-feira pela autarquia local, referindo que o novo espaço vai estar integrado na Rede de Casas do Conhecimento, criada há dez anos pela Universidade do Minho, em parceria com municípios da região.

 

Ponte da Barca já é membro efetivo desta rede desde desde 2014, mas nunca teve oportunidade de formalmente constituir a Casa do Conhecimento de Ponte da Barca, objetivo que vai agora ser levado a cabo com a instalação na Biblioteca Municipal.

 

“Com um forte pendor nas tecnologias de informação, a Casa do Conhecimento visa contribuir para o reforço da vivência digital e para o incremento da inclusão e das fluências digitais das pessoas”, explica a edilidade barquense. “Trata-se de disponibilizar um conjunto de serviços e atividades que possibilitam o acesso a tecnologias de informação aplicadas em contextos do quotidiano, sejam estes de formação, cidadania, trabalho ou lazer, contribuindo para combater a exclusão digital e consequentemente a exclusão social”, acrescenta.

 

 

Casa do Conhecimento de Ponte da Barca vai estar integrada na Rede de Casas do Conhecimento, criada há dez anos pela Universidade do Minho

[Fotografia: Município Ponte da Barca]

 

 

A Vereadora da Educação, Rosa Arezes, esteve presente em representação do município barquense na Assembleia Geral que decorreu na Reitoria da Universidade do Minho, formalizando assim o
compromisso de instalar a Casa do conhecimento em Ponte da Barca, uma estrutura física que se pretende venha a “afirmar-se como polo mobilizador de sinergias do concelho e da região, atuando como elemento dinamizador da Sociedade do Conhecimento e Inovação, desenvolvendo atividades que promovam, por um lado, o combate à info-exclusão e às assimetrias digitais e, por outro lado, o usufruto de benefícios das tecnologias da Informação e Comunicação por parte da população”.

 

Recorde-se que a rede de Casas do Conhecimento foi criada pela Universidade do Minho, estando presente em 14 municípios da região, nomeadamente, Largo do Paço (Braga), Campo de Gualtar, Azurém, Guimarães, Municípios de Fafe, Boticas, Montalegre, Paredes de coura, Trofa, Ponte da Barca, Vieira do Minho, Vila Verde e, a título experimental, em Díli, Timor -Leste. Associou-se, agora, a esta Rede a Universidade de Évora.

 

 

[Fotografia capa: DR]

Últimas