PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

País

País: Este é o presente preferido pelos portugueses neste Natal – Quanto vão gastar? Veja os números

17 Dezembro, 2022 - 17:39

365

0

Natal 2022.

Roupa e acessórios de moda será a opção de compra dos presentes de Natal para 41% dos consumidores. O estudo foi elaborado pela Escolha do Consumidor e divulgado pela Human Resources.

 

Ainda de acordo com os resultados, 16% irá comprar mais brinquedos para oferecer, 14% está mais inclinado para a compra de tecnologia e 10% prefere comprar produtos ou experiências de beleza e bem-estar.

 

Há quem prefira este ano fazer os seus próprios presentes (5%), uma solução original, económica e sustentável. Livros, artigos de decoração, artigos de desporto e viagens também estão na lista do “Pai Natal” dos consumidores este ano.

 

 

Quando vão gastar os portugueses?

A maior parte (39%) planeia gastar entre 100 a 250 euros em presentes e 29% entre 250 a 500 euros. Apenas 9% planeia gastar mais de 500 euros, enquanto 23% prefere reduzir os custos e gastar até 100 euros.

 

A Escolha do Consumidor também questionou a quantas pessoas os consumidores iriam oferecer prendas de Natal este ano, 46% respondeu entre cinco a 10 pessoas, 27% apenas até cinco pessoas e outros 27% pretende oferecer a mais de 10 pessoas. Já 64% quer manter a tradição de comprar nas lojas físicas, no entanto 36% dos consumidores pretende fazer as suas compras de Natal via online.

 

 

Onde vão passar o Natal?

São vários os planos para este Natal, no entanto, 58% quer visitar a família e 17% tem muitos jantares previstos com amigos. Segundo os dados obtidos, 55% dos consumidores vai celebrar o Natal na sua própria casa e 45% em casa de familiares.

 

Decorar a casa com o espírito de Natal também está na lista de afazeres dos portugueses, pois 85% afirma que adora decorar a sua casa. Há quem comece por fazê-lo com um mês de antecedência (78%), outros no início do mês de Dezembro (11%), como manda a tradição, e outros indicam que decoram a casa apenas semanas antes do Natal.

 

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Últimas