PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

País

País: Atiçou cão de “grande porte” a agentes da PSP – Animal foi abatido

18 Novembro, 2023 - 18:45

888

0

Suspeito foi advertido para acalmar o cão, mas não acatou a ordem.

Um homem, de 71 anos, foi detido, na quinta-feira, pela Polícia de Segurança Pública (PSP) por ser suspeito da prática de crime contra a integridade física com recurso a animal.

 

A detenção, segundo o Notícias ao Minuto, aconteceu pelas 13h57, na freguesia do Parque das Nações, após o homem ter-se sentido mal num comboio da CP e ter ameaçado os agentes da PSP com o animal, que acabou por ser abatido a tiro.

 

Em comunicado, enviado este sábado às redações, a autoridade referiu que foi alertada para o facto de um cidadão se estar a sentir mal, no interior do comboio, e a necessitar de auxílio médico.

 

Já na plataforma, os agentes “avistaram o cidadão prostrado no solo, aparentemente embriagado e acompanhado por um revisor”, que o estava a auxiliar. O homem tinha consigo um cão “de grande porte” que estava “algo inquieto e sem açaime”, estando a ser segurado por uma trela.

 

Momentos depois, um funcionário da CP informou a PSP que “era recorrente o comportamento do cidadão, o qual incitava o seu canídeo contra os passageiros e “circulava sempre” sem açaime, tendo sido possível arranjar um improvisado.

 

Face ao estado de saúde do idoso, foram chamados os serviços de emergência médica. Enquanto se aguardava o auxílio médico, o suspeito retirou o açaime improvisado do cão e proferiu palavras “injuriosas” contra os polícias e, “de forma agressiva”, ao próprio canídeo.

 

Depois incentivou ao animal a atacar os agentes, “tendo começado a rosnar e a ladrar na direção de um deles”. O suspeito foi advertido para acalmar o cão, mas não acatou a ordem.

 

“Devido à agressividade do canídeo, ao seu porte e por ter corrido em direção aos polícias, colocando em perigo a integridade física dos mesmos e de terceiros, foi efetuado o recurso efetivo da arma de fogo, causando, lamentavelmente, a morte do canídeo, tendo então sido dada voz de detenção ao suspeito”, informou a PSP.

 

O suspeito foi transportado para o Hospital de São José e notificado para comparecer no Tribunal Local da Pequena Criminalidade de Lisboa.

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Últimas