PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

1

0

País

País: 125 euros do Governo chegam esta semana – Quem vai receber? Saiba AQUI

16 Outubro, 2022 - 20:58

2711

0

Pagamento por transferência bancária.

O apoio extraordinário aos rendimentos, decorrente do plano anti-inflação estipulado pelo Governo, vai começar a ser pago a partir de quinta-feira, dia 20 de outubro. 

 

Conforme explica o Sapo LifeStyle, dependendo dos rendimentos de cada cidadão, pode receber desde 50 euros a 125 euros, de modo a apoiar as famílias para enfrentar o aumento do custo de vida.

 

Apoio extraordinário de 50 euros

A receber o apoio extraordinário de 50 euros terão direito os dependentes, crianças e jovens até 24 anos de idade (inclusive). Caso sejam dependentes por incapacidade, recebem o apoio independentemente da idade ou dos rendimentos do agregado.

 

Para receber este apoio, será considerada a situação fiscal do ano anterior: portanto, os dependentes que, em 2021, pertenciam ao agregado familiar dos pais.

 

 

Apoio extraordinário de 125 euros

Já para receber o apoio extraordinário de 125 euros, tem de ser cidadão residente e ter um rendimento bruto até 2.700 euros por mês.

 

Pode receber o apoio caso seja trabalhador por conta de outrem, do setor público ou privado, ou trabalhador independente. O cálculo também é realizado com base nos rendimentos de 2021.

 

 

E os desempregados?

Os desempregados também têm direito a receber este apoio, caso sejam beneficiários das seguintes prestações sociais:

  • Subsídio de desemprego;
  • Subsídio social de desemprego;
  • Prestações de parentalidade com remuneração de referência mensal inferior a 2.700 euros.
  • Subsídios de doença e doença profissional, prestado por um período não inferior a um mês e com remuneração de referência mensal inferior a 2.700 euros;
  • Rendimento social de inserção, sendo maiores de 18 anos de idade;
  • Prestação social para a inclusão, sendo maiores de 18 anos de idade;
  • Complemento solidário para idosos, sem pensão atribuída;
  • Subsídio de apoio ao cuidador informal principal.

 

 

E os pensionistas?

Relativamente aos pensionistas, estes não terão direito a receber este apoio. Mas, vão receber um suplemento extraordinário equivalente a 50% do valor habitual da pensão – ou seja, meia pensão – em outubro.

 

Vai ser um valor tributado em sede de IRS, mas sem agravamento de imposto a pagar ou retido. Atenção que, caso o suplemento que o pensionista receba seja inferior a 125 euros, a segurança social pagará a diferença.

 

 

Estes apoios serão pagos por transferência bancária.

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Últimas