PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

0

0

Destaques
Ponte da Barca

P. Barca: PS mostra sinalética a ser ‘engolida’ pela vegetação – veja as FOTOS

21 Agosto, 2021 - 16:37

34

0

PUB Após ter sido recentemente acusada pelos rivais do PSD de colocar em perigo a segurança rodoviária com propaganda eleitoral, a candidatura socialista à Câmara de Ponte da Barca nas […]

PUB

Após ter sido recentemente acusada pelos rivais do PSD de colocar em perigo a segurança rodoviária com propaganda eleitoral, a candidatura socialista à Câmara de Ponte da Barca nas próximas autárquicas está a divulgar nas redes sociais imagens de vários casos por todo aquele concelho onde a sinalética rodoviária está literalmente a ser engolida pela vegetação circundante – incluindo sinais de STOP.

“O PS vem mais uma vez pedir que Augusto Marinho se deixe de palavras vazias. Estas situações em Oleiros/ Bravães são demonstrativas da falta de preocupação do Executivo do PSD com a segurança rodoviária”, referem os socialistas num dos posts, acompanhados de imagens captadas naquela localidade.

Seguiram-se outras imagens onde é possível ver não só sinais de trânsito como também placas com nomes de ruas e identificação de freguesias a serem literalmente cobertos pelos ramos.

 

Veja as fotos [fonte: FB PS Ponte da Barca]

 

 

Recorde-se que, há poucos dias, conforme noticiou o jornal O Minho, a concelhia do PSD em Ponte da Barca manifestou “profunda preocupação pela segurança rodoviária, colocada em causa pela propaganda eleitoral do Partido Socialista”.

“Em causa está a afixação de centenas cartazes de propaganda partidária em de sinais de trânsito, situados nas estradas nacionais e nas estradas municipais de todo o concelho, com a agravante de estarem maioritariamente suportadas em sinais STOP, em cruzamentos, assim como em sinais de aviso de passadeiras para peões”, destacou a concelhia que apoia a candidatura do atual presidente da Câmara, Augusto Marinho.

Já a concelhia do PS reconheceu o erro, que atribuiu à empresa que afixou os cartazes. No entanto, os socialistas respondem agora com este tipo de situações às quais os sociais-democratas ainda não deram qualquer resposta.

 

 

PUB

Últimas