PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Viana do Castelo

OE2010 Posição irredutível do Governo na introdução de portajar A28 leva movimentos a organizar iniciativas de protesto

27 Janeiro, 2010 - 10:54

134

0

O Governo mantem-se irredutível quanto à intenção de portajar as auto-estradas em regime de Scut da Costa da Prata, Grande Porto e Norte Litoral. Perante este cenário, o porta-voz do movimento " Naturalmente Não às Portagens na A28" acusa o Governo de José Sócrates de querer fazer face ao défice público à custa dos "contribuintes e de medidas camufladas".

O Governo mantem-se irredutível quanto à intenção de portajar as auto-estradas em regime de Scut da Costa da Prata, Grande Porto e Norte Litoral, estando até a estudar a possibilidade e condições de alargar esta medida. Esta posição é reiterada no Orçamento de Estado para 2010, entregue ontem à noite na Assembleia da República, pelo ministro das finanças, Teixeira dos Santos.
Perante este cenário, o porta-voz do movimento " Naturalmente Não às Portagens na A28" acusa o Governo de José Sócrates de querer fazer face ao défice público à custa dos "contribuintes e de medidas camufladas".
Recorde-se que há 3 semanas, Jorge Passos entregou em mãos ao ministro das obras públicas um dossier que explicava as razões pelas quais a A28 não podia ser portajada.No entanto, até à data, o Movimento "Naturalmente Nao às Portagens na A28" não recebeu qualquer resposta. Mesmos assim, não baixaram os braços e além de uma sessão de esclarecimento pública, marcada para este sábado, está já agendado um mega-buzinão em todos os concelhos do Norte Litoral.

Últimas