PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

5

4

Monção

Monção: Padre de Merufe condenado por difamação – Acusou Junta de roubar esmolas

9 Dezembro, 2022 - 11:41

3542

2

Justiça.

O Tribunal de Monção condenou o Padre Américo Alves, pároco de Merufe, pelos crimes de difamação agravada, com publicidade e calúnia, avança o Jornal de Notícias (JN) [notícia exclusiva para assinantes].

 

Na origem, conta o JN, está uma publicação do sacerdote no Facebook em outubro de 2020, onde acusava a anterior Junta de Freguesia – presidida por Márcio Alves – de apropriar-se de esmolas da igreja.

 

O padre foi condenado pelo Tribunal de Monção a pena de multa de 1.600 euros e ao pagamento de indemnização aos três visados – presidente da junta, secretário e tesoureiro: 950 euros a cada um, refere ainda o JN.

 

Na reação à condenação, citado pelo jornal O Minho, o Padre Américo Alves já garantiu que vai recorrer. Diz mesmo que a acusação do desvio de esmolas “era uma brincadeira”.

 

Por outro lado, o ex-presidente da junta Márcio Alves considera que “foi feita justiça”, acrescentando que “nas redes sociais não se pode dizer tudo aquilo que queremos”.

 

 

[Fotografia: DR]

Últimas