PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

1

Monção/Melgaço

Monção/Melgaço: Toni já ‘assinou’ pelo Alvarinho – Veja as FOTOS

22 Maio, 2022 - 00:22

2646

0

Realizou-se este sábado mais um capítulo da RCVA.

Toni, conhecido treinador de futebol e velha glória do Benfica, foi este sábado entronizado como confrade da Real Confraria do Vinho Alvarinho (RCVA) naquele que foi o XIV capítulo daquela confraria.

 

A manhã começou cedo, com as confrarias a encontrarem-se no Castelo de Melgaço para um pequeno-almoço volante. Toni lá apareceu, com um sorriso e com o sempre emblemático bigode de um treinador que já escreveu páginas históricas não só no futebol português mas também além-fronteiras.

 

“O Alvarinho é uma marca consagrada. Isso é fruto de um terroir que faz deste vinho um vinho único”, disse Toni com enorme sapiência à Rádio Vale do Minho destacando que o convite para pertencer à confraria partiu de um amigo que tem em Melgaço.

 

“As pessoas podem tentar imitar o vinho Alvarinho, mas nunca o conseguirão. Quando um vinho tem esta qualidade, ele próprio ultrapassa fronteiras”, avaliou.

 

Visivelmente encantado com o concelho, Toni não poupou elogios a um “turismo rural que está cada vez mais desenvolvido”.

 

 

 

Toni, antigo treinador e velha glória do Benfica, já é membro da RCVA
[Fotos: RCVA]

 

 

 

Carpinteira e Rui Teixeira unânimes num “produto de excelência”

Como confrades da RCVA, os presidentes da Câmara de Valença e de Vila Nova de Cerveira, José Manuel Carpinteira e Rui Teixeira, respetivamente, marcaram também presença neste evento.

 

“Isto é muito importante. É a promoção de um produto endógeno da nossa região. Ao fim de dois anos de pandemia, é muito importante estarmos todos unidos na promoção e na divulgação do vinho Alvarinho”, defendeu Carpinteira.

 

Em total sintonia, Rui Teixeira realçou que “o vinho Alvarinho é um motor gastronómico e turístico desta região. E que, só por si, tem alavancado o crescimento sócio-económico desta região de Monção e Melgaço”.

 

 

Rui Teixeira e José Manuel Carpinteira no XIV Capítulo da RCVA

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

 

 

Batista pede mais atenção às castas tintas

A partir do Castelo, as confrarias desfilaram depois até à Câmara Municipal, onde foram recebidas no Salão Nobre pelo presidente da Câmara de Melgaço, Manoel Batista.

 

O dia era de Alvarinho, mas o autarca melgacense chamou a atenção para “o trabalho que tem também de ser feito com as castas tintas” que, para Batista, têm sido “esquecidas ao longo destes últimos anos”.

 

“Têm de ser resgatadas, porque sabemos que temos no território muita riqueza nessa área para elevar”, sublinhou.

 

A comitiva seguiu depois para a fonte principal das Termas de Melgaço onde decorreu a cerimónia de entronização propriamente dita.

 

Para além de Toni, foram também entronizados João Carlos Costa, preparador físico da Seleção Nacional de futebol, e o chef estrela Michelin António Loureiro.

 

Da RCVA passam também a fazer parte Nuno Pires, diretor da Essência do Vinho, da Revista de Vinhos (Portugal) e Gula (Brasil), e crítico de vinhos, e Alcides Nóbrega, presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas e grão mestre da Confraria Enogastronómica da Madeira.

 

 

Veja a galeria de fotos [créditos: Rádio Vale do Minho]

 

 

Últimas