PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Monção

Monção: José Cid vai abrir Feira do Alvarinho

13 Maio, 2024 - 12:36

1

0

Feira do Alvarinho de Monção realiza-se nos próximos dias 4, 5, 6 e 7 de julho.

José Cid vai atuar na próxima edição da Feira do Alvarinho de Monção. O certame, recorde-se, vai realizar-se nos próximos dias 4, 5, 6 e 7 de julho.

 

De acordo com o Município, promotor e organizador do evento, o espetáculo vai ter lugar no primeiro dia: 4 de julho, às 22h30.

 

 

[Fonte: Feira do Alvarinho de Monção]

 

 

Recorde-se que uma das mais recentes passagens de José Cid no Vale do Minho aconteceu em agosto de 2018, em Melgaço.

 

Na altura, em entrevista exclusiva à Rádio Vale do Minho, o cantor não poupou elogios ao vinho Alvarinho.

 

“O Alvarinho está entre os vinhos que mais gosto. O Vinho Verde é mesmo aquele que mais aprecio“, admitiu.

 

“É um vinho completamente genuíno. Único no mundo. Deveria proteger-se muito mais do que se protege. O sistema português protege muitas vezes o que não deve e não protege aquilo que deve”, acrescentou.

 

 

 

José Cid, em 2018, durante os ensaios para o concerto em Melgaço

[Fotografia: Arquivo/Rádio Vale do Minho]

 

 

José Cid é um dos mais populares cantores portugueses. É também teclista e compositor.

 

Iniciou a carreira em 1956, com a fundação de Os Babies, agrupamento musical especializado na interpretação de músicas de outras bandas.

 

A fama chegou-lhe durante a década de 60, inicialmente através da sua participação como teclista e vocalista no conjunto Quarteto 1111.

 

Concorre ao Festival RTP da Canção de 1974, a solo com “Uma rosa que te Dei” e com os Green Windows que apresentaram as canções “No dia em que o rei fez anos” e “Imagens”.

 

Com a canção “Um grande, grande amor”, vence o Festival RTP da Canção (1980) com 93 pontos. No eurofestival conquista um honroso 7º lugar, com 80 pontos, entre 19 concorrentes.

 

 

 

 

 

Em 2004, José Cid participou em anúncios de uma conhecida marca de chás gelados, nos quais se interpretou a si próprio, cantando e vindo do espaço, enquanto proferia a frase: “Olá malta! Tudo bem? Tá-se?”

 

2006 foi um ano de grande sucesso para José Cid. Trouxe a sua música aos palcos do bar Maxime, em Lisboa, em dois espectáculos com bilhetes rapidamente esgotados e um mar de gente eufórica a assistir.

 

Lançou um novo disco, “Baladas da minha vida”, com velhas canções regravadas de forma acústica sem recurso a computadores e dois temas novos, “O melhor tempo da minha vida” e “Café contigo”.

 

Continua a ser um dos cantores mais conhecidos e reconhecidos do panorama musical português.

 

 

 

[Fotografia capa: Município Melgaço]

Últimas