PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Monção

Monção: Cães de quinta vinícola mortos por envenenamento

16 Agosto, 2022 - 11:09

1690

0

Suspeitas recaem sobre caçadores.

Num misto de tristeza e choque, a Cortinha Velha – conhecida quinta produtora vinícola de Monção – ainda não se recompôs da morte de dois dos seus cães por envenenamento.

 

“A dor que sentimos por saber que há pessoas que decidem tirar a vida a seres tão maravilhosos quanto estes é muito grande. Porquê? Eram animais bondosos. Revolta-nos, dói-nos que isto aconteça à porta de nossa casa, em Cambeses, a nossa freguesia”, lê-se numa publicação feita pela Cortinha Velha nas redes sociais.

 

As suspeitas, apurou o jornal O Minho, recaem sobre caçadores que querem usar aquela zona para caça. Já foi apresentada queixa na GNR.

 

“Todos os que nos visitaram e conheceram o Shot e a Tequila ficaram apaixonados por eles. Eram inesquecíveis. Eles, tal como a nossa Poncha, e todos os cães que viveram na Cortinha Velha, foram cães livres, felizes, meigos, amigos e fiéis”, acrescenta a Cortinha Velha.

 

“Os nossos pequenos eram família e serão sempre família, porque eles fizeram da nossa casa um lar. O Shot e a Tequila serão sempre maiores que a própria vida”.

 

A Cortinha Velha é um projecto de homenagem a Manuel Covas e Maria dos Prazeres, que transmitiram aos filhos o valor da terra e das suas raízes. Ente os vários prémios já alcançados, destaca-se a Medalha de Ouro nos Prémios Vinduero-Vindouro em 2020.

[Fotografia: Cortinha Velha]

Últimas