PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

2

1

Monção

Monção: A ‘menina’ Clara (tão sorridente!) chegou aos 100 – Houve festa na Santa Casa [FOTOS]

14 Dezembro, 2022 - 17:33

2811

0

Centenário.

A menina Clara, natural da freguesia de Pias, em Monção, chegou esta quarta-feira aos 100 anos de idade. A festa foi rija no Lar da Santa Casa da Misericórdia de Monção (SCMM) onde é utente. 

 

Sorridente, a aniversariante foi prendada com uma grande festa.

 

Para além da presença de muitos outros utentes, estiveram também lá o Presidente da Câmara Municipal de Monção, António Barbosa, e o Provedor da SCMM, Armindo Ponte.

 

“São os ares de Monção!”, disse António Barbosa visivelmente feliz com mais uma centenária no concelho. “Este é um concelho, à semelhança de muitos pelo País, com uma franja de população envelhecida. Mas é sempre bom ver gente a chegar aos 100 anos e ainda com a capacidade de estar aqui connosco, a fazer a festa e a brindar”, prosseguiu.

 

Também muito feliz mostrou-se o Provedor da SCMM que, aos “bons ares de Monção”, acrescentou mais um segredo para alcançar tão vetusta idade.

 

“É também o bom trato das nossas funcionárias. Sem isso não teríamos três utentes a chegar ao centenário nesta altura. Nunca é demais dar os parabéns a este maravilhoso grupo de profissionais da SCMM. Estão sempre cheias de zelo, carinho e de brio”, enalteceu o Provedor sublinhando que “por vezes faz melhor um sorriso do que propriamente um comprimido”.

 

Clara Fernandes nasceu a 14 de dezembro de 1922. Apanhou ainda a reta final da pandemia da gripe penumónica.

 

Tinha apenas quatro anos quando Gomes da Costa marchou sobre Lisboa. Aos 11, viu Portugal cair na longa noite fascista. Atravessou uma guerra mundial.

 

Trabalhou no campo. Tinha cerca de 30 anos quando, com o marido e filhos, emigrou para Angola. Regressou e já tinha mais de 50 anos. Viu a Liberdade chegar ao País onde nasceu com a Revolução dos Cravos.

 

Tinha 60 anos quando perdeu a sua cara-metade. A vida continuou junto dos filhos.

 

A saúde foi-se deteriorando e a menina Clara tornou-se utente do Lar da SCMM. Alcançou a invejável idade dos 100 anos de sorriso no rosto.

 

Bateu palmas na hora de cantar os Parabéns e, com vontade, soprou três velas.

 

 

Veja a galeria de fotos [Rádio Vale do Minho]

Últimas