Menu

+

0

0

Minho

Minho: Pai e filho raptam jovem de 21 anos. Agrediram-no, roubaram-no e largaram-no a quilómetros de casa

12 Janeiro, 2024 - 00:02

1864

0

Crime.

A Polícia Judiciária (PJ), deteve dois dos presumíveis autores dos crimes de roubo agravado, sequestro, coação e detenção de arma proibida, em vários pontos do Minho.

 

O episódio remonta ao passado dia 30 de setembro.

 

Conta a PJ que tudo começou quando, cerca da 1h00 da madrugada, um jovem “de  21 anos de idade, comerciante de automóveis, foi instado por conhecidos a comparecer junto a um estabelecimento comercial, em Guimarães”.

 

Chegado ao local, o jovem “foi abordado por cinco indivíduos, que imediatamente o agrediram e introduziram à força numa viatura, privando-o da sua liberdade”.

 

Seguiram-se agressões físicas.

 

“A vítima foi sucessivamente ameaçada com armas de fogo, tendo sido transportada até Vila Verde, local onde, na sua residência”. Aí foram-lhe roubados automóveis, um motociclo e dinheiro.

 

Sob ameaça, foi ainda coagida a entregar considerável quantia monetária nos dias seguintes, o que não veio a concretizar.

 

A vítima foi libertada em Braga, cerca das 10h00.

 

Durante as diligências, a PJ recolheu “substanciais elementos de prova”, nomeadamente armas de fogo.

 

Os detidos, pai e filho, residentes em Guimarães, respetivamente com 51 e 19 anos de idade, comerciantes de automóveis, serão presentes às autoridades competentes para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

 

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Últimas