Menu

+

0

0

Minho

Minho: Estudante brasileira diz sido agredida a soco por colega de curso

4 Dezembro, 2023 - 20:15

749

0

Durante um trabalho de grupo.

Chama-se Grazielle Tavares. É jornalista. Tem 49 anos e frequenta uma pós-graduação em comunicação na Universidade do Minho, em Braga.

 

Segundo o jornal brasileiro Folha de São Paulo, o agressor deu socos na cara e na barriga da vítima e terá, ainda, insinuado que a mulher recorria à prostituição para conseguir pagar o curso que frequentava.

 

O caso ocorreu na passada terça-feira, dia 28 de novembro, após uma discussão num trabalho de grupo que os dois deveriam fazer para uma pós-graduação em comunicação.

 

“Ele perguntou-me o que é que eu estava a fazer a estudar no país dele”, disse Grazielle.

 

O homem terá dito, em voz alta, que a jornalista se prostituía para pagar a pós-graduação. Grazielle respondeu ao colega afirmando que estava em situação legal no País e pagava pelo curso.

 

Das palavras, a discussão terá partido para a agressão.

 

A GNR foi chamada ao local. O estudante não foi detido. A vítima foi transportada para uma unidade hospitalar.

 

Ficou com os lábios inchados e a sangrar e afirma que ficou com um hematoma na barriga, onde passou por uma intervenção cirúrgica há cerca de três meses.

 

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Últimas