Menu

+

0

0

Legislativas

Líder do PCP promete aumentar salário mínimo para 1.000 euros (já em maio!)

13 Janeiro, 2024 - 21:05

162

0

Legislativas.

O secretário-geral do PCP, Paulo Raimundo, propôs este sábado subir o salário mínimo nacional para os 1.000 euros em maio e aumentar em pelo menos 70 euros todas as pensões, comprometendo-se a apresentar o programa eleitoral em 25 de janeiro.

 

De acordo com o Notícias ao Minuto, Paulo Raimundo falava no Encontro Nacional do PCP sobre eleições, em Lisboa.

 

Numa alusão à proposta do secretário-geral do PS, Pedro Nuno Santos, o líder comunista defendeu que “a urgência” de aumentar o salário mínimo nacional para os 1.000 euros “coloca-se agora e não em 2028”.

 

No que se refere às pensões, o líder comunista defendeu que reformados, pensionistas e idosos precisam de ter “as suas pensões e reformas devidamente valorizadas”, propondo que em 2024 seja fixado um aumento de 7,5% com efeitos retroativos a janeiro, para garantir “que nenhum reformado tenha um aumento inferior a 70 euros na sua pensão ou reforma”.

 

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/PCP]

Últimas