PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

1

Caminha

Lages confirma abertura do Mercado e avisa: “Há muita gente a tentar puxar Caminha para baixo”

10 Agosto, 2023 - 13:47

1365

1

Novo espaço vai ser inaugurado no próximo dia 18 de agosto.

É oficial. O novo Mercado Municipal de Caminha vai ser inaugurado no próximo dia 18 de agosto, sexta-feira, às 11h00. A confirmação foi dada esta quinta-feira à Rádio Vale do Minho prelo Presidente da Câmara, Rui Lages.

 

Recorde-se que a data da inauguração foi avançada em primeira mão pela Rádio Vale do Minho esta quarta-feira.

 

“É um dia muito ansiado por toda a nossa população, por todos os autarcas e por todos aqueles que nos visitam e que apreciam o nosso peixe fresco, as nossas frutas e legumes”, realçou Rui Lages à Rádio Vale do Minho.

 

O anterior mercado contava mais de 40 anos de existência.

 

“Chegou o momento de dizer basta. As pessoas precisavam de ter melhores condições de trabalho. Mais higiene, mais segurança”, observou o autarca caminhense.

 

As primeiras imagens do novo Mercado Municipal, também divulgadas em primeira mão pela Rádio Vale do Minho, mostram um edifício que se destaca pela luz natural.

 

“É realmente uma janela aberta virada para o rio Minho. Vamos ter 12 bancas de peixe e também de frutas e legumes. Um espaço muito digno”, considera Rui Lages.

 

 

 

Como vai ser feita a transição?

No próximo dia 18 de agosto, conforme referido, será o dia da inauguração. Depois, segundo Rui Lages, irá seguir-se um processo de transição do mercado provisório para o novo.

 

Os lugares já estão definidos e o Presidente da Câmara acredita que o processo será feito “de forma calma e tranquila. Em uma a duas semanas teremos o mercado apto e funcional”.

 

 

 

“Trabalhamos em surdina para que as coisas aconteçam”

Visivelmente satisfeito, Rui Lages prefere focar-se mais no concelho do que propriamente em críticas sobre este ou aquele aspeto.

 

“Há muita gente que tenta puxar a vila de Caminha para baixo. A verdade é que trabalhamos diariamente em surdina para que as coisas aconteçam. Não precisamos de andar sempre nos holofotes e na ribalta”, disse em resposta pronta.

 

Sem exaltações e de voz serena – que é aliás tem vindo a ser sua imagem de marca – Rui Lages deixou ainda uma mensagem aos caminhenses.

 

“Podem confiar em mim! O que precisamos é de estar com pés assentes na terra e concretizar projetos. É o que estamos a fazer”, concluiu.

 

O investimento total rondou 600 mil euros.

 

A obra teve financiamento comunitário, através do NORTE 2020 e dos Planos de Ação de Regeneração Urbana – PARU.

 

 

 

[Fotografias capa: esq: Município Caminha | dir: cedida à Rádio Vale do Minho ]

Tópicos:

#Inauguração

Últimas