PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Galiza

Hotéis galegos devolvem valor das portagens nas antigas Scut aos clientes portugueses

13 Dezembro, 2012 - 11:35

63

0

Vários hotéis de Vigo, em Espanha, vão devolver nos programas de passagem de ano, aos clientes portugueses, o valor das portagens pagas nas antigas Scut, tentando contrariar assim a quebra na procura.

Vários hotéis de Vigo, em Espanha, vão devolver nos programas de passagem de ano, aos clientes portugueses, o valor das portagens pagas nas antigas Scut, tentando contrariar assim a quebra na procura.

A iniciativa já envolve oito hotéis da maior cidade da Galiza e obriga à reserva das estadas através da internet, prevendo a devolução máxima aos clientes de 20 euros, pelo pagamento das portagens na antiga Scut (Sem Custos para o Utilizador) A28, entre Porto e Viana do Castelo.

“Sobretudo na época da passagem de ano, o turista português é prioritário para nós e temos sentido muito a quebra desde a introdução de portagens [nas antigas Scut]”, admitiu hoje à agência Lusa fonte da Associação de Hotelaria de Vigo (Ahosvi), que promove a iniciativa.

Esta campanha é válida para viagens a realizar, desde Portugal, a partir do dia 28 e obriga à estada na noite de 31 de dezembro. “Esperamos chegar aos 400 turistas portugueses se repetirmos o êxito da primeira edição, em 2011. Entretanto, o número de hotéis aderentes também deverá aumentar”, acrescentou a Ahosvi.

Além do pagamento das portagens, as unidades hoteleiras de Vigo estão ainda a negociar com os bares locais a oferta de uma bebida aos clientes portugueses na noite de passagem de ano.

“Queremos que a crise que se vive nos dois países não seja impeditiva de fazermos aquilo que é mais tradicional nesta época”, reconheceu ainda.

Esta campanha começou a ser implementada depois de as associações do setor terem reconhecido quebras de 60% na afluência de turistas portugueses, no período de Natal, precisamente após a introdução de portagens nas antigas Scut do norte, em 2010.

Segundo dados da Ahosvi, dos 80.000 turistas estrangeiros que em 2008 pernoitaram em Vigo, metade eram portugueses, número que entretanto foi caindo para cerca de 30%.

A proximidade geográfica, as condições económicas, as semelhanças na língua e a forma de festejar a passagem de ano, na rua, eram motivos apontados para a forte procura de Vigo pelos turistas portugueses.

Últimas